clube   |   doar   |   idiomas
O populismo ataca o Chile
Ele se alimenta do potencial de riquezas a serem pilhadas, e regressa ao país com furor

Nota do Editor

Este artigo foi originalmente publicado em outubro de 2019, auge das manifestações de rua que sacudiram o Chile.

No dia 16 de maio de 2021, os chilenos votaram para alterar completamente sua "Constituição Pinochetista", a mesma que vigorou durante o período de maior enriquecimento do país e que o alçou à posição de maior IDH e renda per capita da região. A esquerda comemorou o fato de que a nova constituição será escrita por "mulheres, indígenas e independentes", como se gênero e etnia fossem substitutos para qualidade, mérito e justiça.

Apenas mais um exemplo prático de que o populismo se alimenta das riquezas criadas, e um tenebroso lembrete de jamais devemos tomar a prosperidade como algo garantido e irreversível.

______________________________________

Muitos pensavam que o Chile estivesse imune ao populismo. Afinal, o país tem, ao lado do Uruguai, a maior renda per capita da América do Sul (ajustada pela paridade do poder de compra), e 60% maior que a brasileira.

Além disso, o Chile é, há dez anos, membro da OCDE, grupo de países que implementam as melhores práticas, e ao qual o Brasil sonha se integrar no futuro. 

Entre os 34 países da OCDE, o Chile é simplesmente aquele que possui a maior mobilidade social. Segundo os dados da própria OCDE, 23% dos chilenos que nasceram em uma família pobre conseguiram elevar sua renda até se situarem no grupo de população de maior renda.

quadro1.png

Gráfico 1: porcentagem de pessoas que nasceram no grupo dos 25% mais pobres da sociedade que conseguiram chegar ao grupo dos 25% mais ricos

Isso significa que a probabilidade do filho de um pai que pertence ao quartil de menor renda permanecer nesse mesmo nível é comparativamente a mais baixa dentre todos os países da OCDE; e que a probabilidade de que suba ao quartil de maior renda é comparativamente alta.

E, segundo uma pesquisa da Pew Research, feita em 2017, 67% das famílias chilenas acreditam que seus filhos conseguirão melhorar sua situação financeira ao longo dos anos. Israel, que é o segundo país com maior nível de otimismo, está quase 20 pontos percentuais atrás.

quadro2.png

Gráfico 2: porcentagem de pais que acreditam que seus filhos terão uma melhor situação financeira do que eles próprios

Finalmente, segundo a Bloomberg, o Chile tem o décimo melhor sistema de aposentadoria do mundo.

Ainda sobre este tema, virou lugar-comum a afirmação de que o sistema de capitalização do Chile paga pouco aos seus aposentados, sendo esta uma fonte de insatisfação.

Entretanto, como muito bem resumiu Helio Gurovitz:

"A contribuição do chileno para a aposentadoria é de 10% do salário. No Brasil, são 11% do funcionário, mais 20% do empregador. Se o chileno acumulasse todas essas contribuições numa conta, poderia receber mais que o triplo. A culpa da aposentadoria baixa não é, portanto, do sistema de capitalização, mas do nível de contribuição. [...]

Chilenos recebem menos porque contribuem menos e, mesmo assim, não estão tão distantes do padrão global. [...]

Os chilenos recebem em média 34% do salário de contribuição. [...] é o mesmo patamar de Rússia (34%), Japão (35%), Estados Unidos (38%) ou Alemanha (38%). Está acima de Reino Unido (22%), México (26%) e Austrália (32%)."

Para se aprofundar sobre este assunto, recomenda-se este vídeo, que aborda todos os detalhes do sistema chileno.

O populismo sabe o quer

Mas o populismo, em todo e qualquer lugar, se alimenta do potencial de riquezas a serem pilhadas. Sendo assim, ele acaba de regressar ao Chile, e com furor.

O país, como todo o planeta sabe, está sendo sacudido por uma onda de violentas manifestações. Confira um compêndio no vídeo abaixo.

Nem todos estavam alheios a esse risco. O analista político-econômico chileno Axel Kaiser advertiu em 2007 no livro "El Chile Que Viene" sobre a falsa sensação de segurança após seguidos anos de crescimento e previu a ruptura social que resultaria das péssimas políticas públicas do governo da socialista Michelle Bachelet. (Algo que também foi antecipado pelo Instituto Mises Brasil aqui e aqui).

As angústias da população têm fundamento. As tarifas de serviços de utilidade pública têm subido mais que o aumento de renda, em parte por conta da alta de 10% do dólar desde março. A qualidade dos serviços públicos vem se deteriorando há muito tempo (uma inevitabilidade dos serviços estatais). E, por fim, embora o crescimento seja robusto, estimado em 2,5% em 2019, não é suficiente para dinamizar a renda como outrora. 

No entanto, as demandas outrora pacíficas das ruas passaram a ser exploradas por grupos políticos e ideológicos com o intuito de implantar uma nova Constituição, bem ao estilo de Hugo Chávez. Aliás, é um clássico na América Latina a dificuldade da esquerda em aceitar a perda de uma eleição e sua disposição em desestabilizar qualquer governo não alinhado com a suposta superioridade de seus ideais.

Seguindo a cartilha, a extrema esquerda (Frente Ampla e Partido Comunista) se recusa a dialogar e já pede a renúncia do presidente Sebastián Piñera.

Ainda mais grave, tolera os atos generalizados de vandalismo e depredação que já causaram a morte de 18 pessoas, além de dezenas de milhões de dólares de prejuízo patrimonial. Por último, exige que os militares empenhados em restabelecer a ordem saiam das ruas. A violência é uma de suas armas.

A maior parte da população está apreensiva com a segurança de sua família e com a dificuldade de chegar ao trabalho. Muitos devem se dar conta de que serão vítimas da desordem que a esquerda incita. A maioria silenciosa vencerá desta vez? É difícil dizer.

Causa estranheza que os especialistas na mídia ao redor do mundo, inclusive no Brasil, unanimemente apontem a desigualdade de renda como a causa primordial dos protestos, desconsiderando a complexidade dos fatos. No Twitter, chegou ao trending topic #1 no mundo a hashtag "PiñeraDictador". É a prova de que os agitadores de esquerda estão vencendo a batalha de narrativas.

E, ao que tudo indica, estão também triunfando no mudo político e econômico: ainda ontem, o presidente Piñera anunciou um "pacote de bondades" (com o dinheiro alheio):

  • Renda mínima garantida de 350.000 pesos mensais (1.950 reais) para todos os trabalhadores de jornada completa (quando o salário for inferior a essa cifra, os pagadores de impostos bancarão a diferença).
  • Aumento de 40% nos impostos para as rendas superiores a 8 milhões de pesos (45.000 reais).
  • Aumento de 20% nas aposentadorias (a medida, segundo o governo, beneficiará 590 mil aposentados e 945 mil pensionistas)
  • Criação de um "mecanismo de estabilização" das tarifas elétricas, anulando a recente alta de 9,2%.
  • Projeto de lei que cria um teto nos gastos com saúde pela famílias chilenas. Os valores que extrapolem o teto serão cobertos pelos pagadores de impostos.
  • Ampliação do convênio entre o sistema público de saúde (o Fundo Nacional de Saúde - Fonasa) e as farmácias, com o propósito de reduzir o preço dos medicamentos.

O custo total está inicialmente estimado em 1,2 bilhão de dólares (4,9 bilhões de reais).

Conclusão

Ao menos até agora, a esquerda venceu e o seu pacote foi estabelecido. Aos populistas, sabemos, é irrelevante se há ou não dinheiro para tal — pois o "dinheiro do governo" é oriundo da tributação de bens e serviços; mas como a produção de bens e serviços é, por definição, limitada e escassa (ao passo que a demanda por benesses é infinita), então o orçamento do governo sempre será limitado.

A mentalidade marxista segue prevalente na América Latina. Sua face visível é pavorosa como a de um joker. No Brasil, aprendemos muito entre os protestos de 2013 e 2015. Que também no Chile "o triunfo do homem verdadeiro surja das cinzas de seu erro", como dizia o comunista Neruda.

 


autor

Helio Beltrão
é o presidente do Instituto Mises Brasil.

  • Taiguara Fernandes de Sousa  24/10/2019 18:53
    Tudo segue uma lógica perfeita: O FORO DE SÃO PAULO ESTÁ SE REERGUENDO

    ENTENDA:

    1) Você não acha estranho que, no último mês, todos os países da América Latina tenham começado a entrar no caos e a sofrer desestabilizações? E que no Brasil todos, de repente, estejam se voltando contra Bolsonaro?

    2) Tudo começou em 23/09, quando a OEA, por ação de Brasil e EUA desfere um duro golpe contra o Foro de São Paulo: invocam o TIAR para investigar a relação entre a Venezuela e o tráfico de drogas.

    OEA aprova resolução que reconhece regime de Nicolás Maduro como "ameaça"

    3) O TIAR obriga que todas as agências dos países-membros (FBI, CIA, PF aqui, etc) participem da investigação. Quem não colaborar, pode ser investigado junto por prevaricação. Essa investigação ampla pode revelar os laços da esquerda latino-americana com o tráfico de drogas.

    4) No dia seguinte, 24/09, para onde viaja o ditador Nicolás Maduro? PARA A RÚSSIA. E seu braço direito, Diosdado Cabello, vai para a Coréia do Norte (alguém duvida que foi se reunir com os chineses?). Foram reunir apoio contra a nova ofensiva.

    Nicolás Maduro e braço direito viajam à Rússia e Coreia do Norte

    5) Agora é que todo o processo se inicia. Acompanhem.
    PERU, 30/09 -- Crise interna faz com que o Presidente Martín Vizcarra feche o Congresso e barre nomeações ao Supremo Tribunal. O caos se instala.

    Presidente do Peru dissolve Congresso, que responde com suspensão e nomeação de nova presidente

    6) EQUADOR, 08/10 -- Uma série de protestos violentos (semelhantes aos black blocs de 2013 no Brasil), provocados supostamente pela alta dos combustíveis, leva o Presidente Lenín Moreno a decretar estado de sítio e transferir a sua capital.

    7) HONDURAS, 10/10 -- Oposição de esquerda, apoiadora do amigo de Lula, Manuel Zelaya, vai às ruas, em protestos violentos, exigir a queda do Presidente Hernandez (logo após anúncio de acordo de cooperação em segurança com Trump).

    8) BRASIL, 26/09-presente -- Misteriosas manchas de petróleo cru começam a poluir todo o litoral nordestino. Curiosamente, o número aumentou precisamente no curso dos eventos aqui descritos. Acidente ou atentado? Petróleo lembra que país da AL?

    9) MÉXICO, 18/10 -- Uma guerra entre o narcotráfico e as Forças Armadas, após a prisão do filho de "El Chapo", leva a mortes, caos interno e é vencida pelo tráfico. O Presidente, de esquerda, se rende e voluntariamente libera o criminoso.

    10) CHILE, 20/10 -- Um série de protestos violentos no interior do país (mais uma vez, repetindo os black blocs brasileiros, de 2013), "provocado" p/ alta de tarifas, leva ao caos, vandalismo, mortes e decretação do estado de emergência.

    11) ARGENTINA -- Não esqueçam dela, onde Cristina Kirchner está voltando ao poder, ajudada pela incompetência de Mauricio Macri, que não possui base ideológica séria (um aviso aos liberais que estão perseguindo o núcleo ideológico do governo Bolsonaro).

    12) BRASIL, presente – Jair Bolsonaro enfrenta traições de todos os lados, especialmente dentro de sua base política. O establishment burocrático age para criminalizar seus apoiadores mais leais, punir o movimento conservador e forjar um crime para derrubar o Presidente.

    13) PALAVRAS DE DIOSDADO CABELLO NO FORO DE SÃO PAULO, ONTEM, 19/10: "O que está se passando no Peru, Chile, Equador, Argentina, Honduras é apenas uma brisa: virá um furacão bolivariano".

    O braço direito de Maduro confirma que é tudo programado

    14) Líderes socialistas da América Latina fundam a nova roupagem do Foro de São Paulo, em Puebla, México (cujo Presidente é do Foro): o "Movimento Progresivamente", que está apoiando todos os protestos acima. Vejam os participantes:

    t.co/o9Zc5d0Emw?amp=1

    15) Lula e Dilma se uniram ao Grupo de Puebla, nova face do Foro de São Paulo.

    16) Trata-se de um processo ativado pela vitória de Bolsonaro no Brasil, que derrubou a dominação globalista no segundo maior país da América, e líder natural de nossa região. Esse processo se acelerou após a invocação do TIAR, que pode colocar na cadeia muitos socialistas.

    17) Não esqueçamos, ainda, do Paraguai, com tentativa de derrubada do Presidente Marito, e da Colômbia, com a retomada de ação armada das FARC. Está tudo orquestrado. O Foro de São Paulo está se reerguendo. O ataque sobre o Brasil virá por último e mais forte. Peça final.

    18) No dia 24/09, a Suprema Corte do UK dá um golpe no Brexit e em Boris Johnson. No dia 25/09, dia seguinte, abrem processo de impeachment contra Donald Trump nos EUA. Tudo coordenado.

    19) A intenção é atordoar com tantos problemas internos as forças anti-globalistas que elas fiquem apenas ocupadas nisso e não se apóiem umas às outras na luta maior contra o esquema globalista. Isso é uma nova guerra MUNDIAL.
  • Fabrício  24/10/2019 19:00
    Sim, você está correto. O próprio Nicolas Maduro confessou explicitamente que "O plano do Foro de São Paulo está sendo cumprido à risca e está em pleno avanço. [...] Todas as metas do Foro estamos cumprindo uma a uma. [...] Estamos indo muito melhor do que pensávamos".

    Ouçam nas próprias palavras:


  • Rdn  24/10/2019 22:27
    Discordo de ambos.

    Se a esquerda chegou à este ponto, à revolução de fato, logo, é porque já demonstram sinais de desesperos.

    Perdendo no viés político, esses, retornam ao viés revolucionário.
  • Rdn  24/10/2019 22:43
    Detalhe:

    A esquerda só tem êxito, quando não usam da força ANTES da conquista do ESTADO. O fracasso é eminente pois o ESTADO detêm as rédeas, inclusive das leis.

    Percebam que a esquerda só teve conquistas quando era possível dominar e manipular através das instituições, mídia, univerdades, e afins. Só que tudo isso está sendo desconstruído.

    O que acontece quando este tende à agir no formato "kamikaze"? Basta o outro lado utilizar uma "bomba nuclear".

    A esquerda não dominará o mundo, porém, apenas conquistará por um determinado tempo, "ecossistemas" onde as narrativas são aceitas ao mesmo tempo que recusam os fatos.

    Existe uma falha na estratégia de Marx e Gramsci. Quem consegue detectá-la, consegue desconstruir este inimigo que late como um Pitbull, mas não passa de um Piquinês.

    Não se esqueçam que comunista vive de mostrar aquilo que ele não é, blefando, para afugentar aquilo que ele mais teme. Eles agem como covardes. Uma única é capaz de enfrentar um grupo deles sem muito esforço.

    A esquerda sabe se vier o revés, vai vim para fulminá-los. Esquerdista não passam de covardes, medrosos escravizados, que precisam de um Estado para protegê-los quando fazem besteira.

    É que nem aqueles funcionários covardes, vagabundos e incompetentes que ficam puxando o tapete de trabalhador honesto e dedicado, apenas por inveja ou birra, pois abusa da sorte e das leis vigentes para fazer o que bem entende principalmente em ambiente de trabalho, pois sabe que, se o coleguinha agir como deve, ele pode pegar justa causa.

    Resumindo: esquerdista agosta de contar tudo pra mamãe.

    Period!
  • Entreguista.  28/10/2019 17:47
    Exatamente rmd. Normalmente os incopetentes sao tambem tudo esquerdista,raro os que se salvam. O duro é ter que conviver com esses tipos no meu ambiente de trabalho.
  • Paulo  22/12/2021 02:10
    Qual seria essa falha na teórica de Gramsci e Marx?
  • David  22/12/2021 02:29
    A teoria de Gramsci — que diz que é necessário se infiltrar no estado, ocupar todas as suas instituições, e então adulterar toda a cultura e todo o modo de pensar da população, para assim você se entronizar no poder — não tem falha nenhuma. Ela é impecável. Quem souber colocá-la em prática nunca mais sairá do poder de um país.

    Já Marx sempre esteve errado, tanto na economia quanto na estratégia.

    Eis um bom artigo sobre isso:

    www.mises.org.br/article/1896/marxismo-cultural-e-um-paradoxo
  • Estado o Defensor do Povo  25/10/2019 00:03
    Toda vez que eu olho pra essa poha de Maduro já me dar uma vontade insuportável de vomitar.
  • Adriano  25/10/2019 00:03
    Pode tirar o Peru dessa lista.
    Acompanho a situação por lá pois minha esposa é peruana. Estive lá semana passada.

    O Peru segue na mais completa normalidade. O presidente dissolveu o congresso amparado na constituição peruana. Tem o respaldo da suprema corte, do ministério público e das forças armadas.

    O congresso peruano, formado por maioria oposicionista (partido do ex presidente Alberto Fujimori, cuja filha perdeu as duas últimas eleições presidenciais) estava obstruindo tudo o que o governo fazia ou tentava fazer.

    A constituição peruana dá ao presidente a possibilidade de dissolver o congresso caso este negue duas questões de confiança num mesmo governo.

    O estopim da dissolução do congresso foi a tentativa dos congressistas (enrolados na lava jato peruana) de substituir todos os membros da suprema corte (os quais iriam julgá-los nos processos que respondem) de uma só vez, para nomear outros favoráveis a eles. Algo escandaloso. O presidente reagiu a isso e apresentou um projeto de lei alterando as regras para nomeação e destituição dos juízes, interpondo junto com o projeto uma questão de confiança. Os congressistas ignoraram o projeto do presidente (já tinham negado uma questão de confiança antes) e começaram a substituir os membros da suprema corte (destituíram um dos juízes e nomearam outro), o que deu ao presidente amparo legal para dissolver o congresso.

    O presidente já convocou eleições para formação de um novo congresso, e não há nenhum temor de que ele tente dar um golpe de estado como fez Fujimori.

    Ninguém foi às ruas protestar contra o fechamento do congresso. Nada mudou na rotina dos peruanos, tudo segue normalmente no país.
  • Ruan Dalacorte  25/10/2019 14:57
    Todos os tópicos que se referem a Bolsonaro, ele é um imbecil, que não se ajuda, quem dera os outros o ajudar, a dissolução de sua base de apoio já havia sido anunciada antes de ele assumir, vista sua heterogeneidade (ato porno, youtuber, príncipe, família, outros mamadores do estado), e por fim, bolsonaro não ganhou a eleição, o PT perdeu, ele nunca teve um efetivo apoio.
    2) Tem uma crise mundial se aproximando, os gorvernos já não conseguem se endividar mais pra sustentar as tetas, os acontecimentos são perfeitamente esperados, e tem coisa muito pior vindo, sendo que a economia mundial potencialmente irá derreter durante a próxima década;
    3)provavelmente não definirão isso do dia pra noite;
    4) a relação já é antiga, e provavelmente a viagem já estava agendada;
    5) já foi mt respondido noutro comentário;
    6) caminhoneiros brasileiro fizeram um furdunço por menos de 10%, imagina 112%, EM UM DIA, era mt mais lógico ter feito esse corte de forma escalonada;
    7) infelizmente direi isso, que importa Honduras? Infelizmente sempre que eu vejo uma notícia de honduras é para compara-lo ao RJ, não vi nada de novo;
    8) totalmente aleatório, já estão aparecendo fazem 3 meses;
    9) tem um artigo aqui no mises explicando a longa e estúpida guerra contra o narcotráfico mexicano, novamente, só mais uma página;
    10) ainda não tenho informações suficientes para opinar muito, mas sempre que tem um pacotaço de medidas austeras (não foi só aumento de tarifas de bus...) acontecem coisas desse tipo;
    11)um povo com mentalidade socialista aliado a incompetência de Macri;
    13) Eu nem sabia quem era Diosdado Cabello, Venezuela logo nem terá mais população para ser governada, quem não fugir vai morrer de fome;
    14) ??? nem entendi a relevância disso
    15) nem disso, ficaram desunidos em algum momento?
    17) Xadrez verbal não falou nada sobre tentativa de derrubada do governo paraguaio, merece mesmo alguma atenção? pesquisando no google só vi algo relacionado a Usina de Itaipu, mexer Itaupu no Paraguai é tipo mexer com a Petrobrás aqui, já é bem antigo e não tem nada a ver com a URSAL;
    18) Brexit já dura 2 anos;
    19) vc ta viajando mt cara, pegou histórias e contextos totalmente diferentes, e tentou procurar a mínima semelhança entre elas, chama-se viés de confirmação;
    Bônus: Bolívia capitalista, Índia cortando impostos para incentivar a economia.
  • Rdn  26/10/2019 02:27
    **Não leve minha opinião para o lado pessoal. Só vou lhe mostrar como um autêntico brasileiro pensa**

    Cara não vai ter terceiro turno. Com tantos candidatos para escolher, achas mesmo que só voltaram em Bolsonaro por ser um voto anti-PT? Ficou maluco?

    Se isso fosse verdade qualquer outro teria ganho de Bolsonaro ou ido com Bolsonaro no Segundo Turno. Não viaja.

    Bolsonaro ganhou pq o povo brasileiro está esperando durante décadas alguém de direita, porque esses que aí estão, venderam uma falsa esperança quando houve a transição de governo militar pra república.

    Estes, enganaram à todos. O movimento Diretas Já foi um MOVIMENTO SOCIAL de esquerda que enganou o povo brasileiro, inclusive as forças armadas, se passando por Brasileiros querendo a "democracia" de volta, como se a mesma já não existisse (é bandidos e vagabundos sofriam, para eles, se não tem liberdade para roubar ou matar, deve ter sido realmente uma dita durona e grossa).

    O que acontece é que o povo viu com o tempo que não se tratava nada daquilo, e que todos, todos, foram enganados.

    Deixa eu lhe dar um bizu. O povo brasileiro, a cultura, o DNA, a história, jamais vai se sujeitar a tamanha malandragem e cafagestagem.

    O povo brasileiro ficou anos sem ter representatividade que os honrasse, tendo que votar no que tinha.

    O ano que que Celso Daniel ia se dar bem. "Morreu".
    O ano que o Eduardo Campo ia se dar bem. "Morreu".
    O ano que o Éneas Carneiro ia se dar bem. "Morreu".

    Daí ficamos todos esses anos tendo que votar no que tinha. Entendeu?

    Pare de choradeira que não vai ter terceiro turno. O povo brasileiro odeia esquerdista, odeia socialismo, odeia escravidão, odeia canalhice, odeia, tem neurisma de tudo isso.

    Daí aparece alguém, por milagre, que pela primeira vez deu uma esperança de votar em alguém que realmente gostaríamos de votar. Alguém que não fazia parte da panelinha Bolivariana. O outsider. E pior, contra um sistema de aparelhamento de quase 2 décadas ao seu desfavor, inclusive as urnas eletrônicas.

    O que aconteceu? Os "que se apossaram do poder" durante décadas viam que nas pesquisas ele se dava bem, e poderia ser eleito em disparada. Logo camuflaram tal situação pregando fake news inclusive falsas pesquisas, apenas para tentar manipular o povo a votar nos que "tinham chance".

    O povo brasileiro não foi burro. O povo brasileiro já conhece todos os seus inimigos, inclusive a mídia.

    Vendo isso o sistema só tinha uma solução. Assassiná-lo assim como fez com os demais.

    Só que graças à Deus não deu certo, e hoje ele foi eleito, mesmo com o sistema todo aparelhado. Como ele conseguiu? A votação nele foi tão monstruosa mas tão gigante, que mesmo com urnas VENEZUELANAS + CUBANAS fraudulentas, não conseguiram tirar ele da Presidência. Ele ganhou, mesmo com "tudo e todos", todo o sistema aparelhado, contra ele. Mesmo sem tempo de TV, mesmo ficando fora da corrida Presidencial.

    O povo pegou nojo das mentiras e das covardias dos demais concorrentes com um pai de família, brasileiro, que quase foi morto.

    O povo brasileiro, o Brasil demonstra que odeia teu tipinho de gente. O povo não é mais bobo. Povo já conhece todas as peças dos tabuleiros. O povo odeia mentirosos, principalmente esses que são oportunistas e cúmplices das narrativas mentirosa que tentam contra esse homem que só quer transformar o país em uma potência, enquanto os que você mama, só querem o poder para continuar o projeto Bolivariano de poder. Um dos piores dele é o Chapolin colorado que está usando até subliminarmente a mídia para promover "O Novo", este mesmo, que está alinhado a agenda 2030 da ONU.

    A esquerda não tem ninguém, nem o povo, nem as polícias, nem as forças armadas. Ela só tem a ralé. A esquerda só tem a si mesmo. São MINORIA, e não importa o quão remem contra, pois só estarão colocando a corda no pescoço e apertando cada vez mais.

    Não tem quem os proteja.

    Deixem o Bolsonaro trabalhar rapaz e vai procurar o que fazer.

    Por enquanto o povo dialoga. Mas não pense que o povo é passivo. Não é não. Ele só da a oportunidade para quem abusa da sorte parar, por pena, pois estes que abusam, não sabem do que esse povo é forjado. Não sabem do que esse povo é capaz de fazer após esgotado a paciência.

    Vou resumir para você. Sabe o que aconteceu quando os governos comunistas do estado do Espírito Santo tramaram aquela greve? Acharam que o povo ia apanhar calado. Eles ficaram espantados com o povo pegando a bandidagem e fazendo justiça com a própria mão.

    Como lhe falo, se achas que povo vai ajoelhar de 4 e dizer "Sim senhor, não senhor" para um pedaço de papel corrompido chamado CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL, repense.

    Por isso o povo odeia vocês. Vocês só mentem. Tudo pelo poder. Bando de ladrões.

    **Entendeu agora com o que esses militantes e governantes apátridas e traidores da pátria alinhados com agentes externos estão se metendo? Nada mais será como antes. Uma estratégia utilizada diversas vezes acaba morrendo por overdose. Marx e Gramsci não contavam com isso. O povo não só aprendeu a lhe dar com o que estava lhe dando, como aprendeu a contra-atacar**

    A esquerda pode ter tido Marx e Gramsci, mas não imaginavam que existiria alguém chamado Brasil no meio do caminho.

    Graças à Deus!
  • Nilza Andrade  26/10/2019 14:37
    Que texto informativo e mega interessante!

    Com permissão vou pública-ló, mas tranquilo: não vou assumir a autoria :-)
  • Mario  26/10/2019 15:08
    Perfeito!!!
    Assino embaixo!
  • Rdn  26/10/2019 02:32
    P.S.: Se a sua resposta não foi pra mim, desconsiderar a resposta, mas, é isto que estou vendo e está sendo visto em todo o Brasil. O pior cego é aquele que não quer ver. As crises são planejadas, inclusive a mundial. Faz parte do plano para um governo mundial, e nem você, nem eu, seremos capaz de mudar isso. Agradeça à Deus por você estar no Brasil, porque quando a crise chegar, tenha certeza que lá fora as coisas não serão nada boas.
  • Thiago  19/10/2020 20:37
    Parei de ler no: E que no Brasil todos, de repente, estejam se voltando contra Bolsonaro?

    Libertário não defende Bolsonaro.
  • L Fernando  20/10/2020 02:14
    Libertário defende Amoêdo
  • Marcelo  19/05/2021 11:41
    Só não sei porque trocar o nome "esquerdismo" por "populismo".
    Essa expressão "populismo" não quer dizer absolutamente nada.
    Foi assim que a esquerdalha deturpou o nome (capitalismo).
    Capitalismo significa só e tão somente - Livre mercado -
    Quanto menos MONOPÓLIOS uma economia tiver, mais capitalista ela será e a recíproca nunca foi tão verdadeira, pois quanto mais MONOPÓLIOS uma economia tiver, mais socialista ela vai ser.
  • André  24/10/2019 19:04
    O país cresceu 4% ano passado, deve crescer 3% este ano. A inflação está abaixo de 3% já há muito tempo.

    E então o governo anuncia que vai aumentar em 4% as tarifas do metrô, algo totalmente corriqueiro em todos os países do mundo, e aí, do nada, manifestantes saem quebrando tudo e matam 16 pessoas. Detalhe: não haveria elevação de tarifas para estudantes.

    Estes são os fatos.

    Quem não vê aí evidências de que há poderosos forças por trás de tudo, coordenando, financiando e incitando tudo isso, não entende nada da atual geopolítica mundial. Coisas dessa magnitude não são espontâneas, muito menos são organizadas sem dinheiro.
  • Augusto  24/10/2019 19:10
    É bem por aí. Veja os vídeos no YouTube (o do artigo também é bom). Todos os baderneiros são, sem exceção, jovens de classe média alta. Não há ali nenhum pobre e nenhum aposentado (o que destrói a narrativa de que os protestos são contra a falta de assistencialismo, a desigualdade, e os baixos pagamentos da previdência social).

    É espantoso que a mídia esteja caindo no engodo e tenha se apressado a criar uma narrativa para justificar a baderna. "Ah, é pela desigualdade! Ah, é pela previdência! Ah, é por mais assistencialismo!". Pipoca! Ali você só vê vândalos jovens de classe média se divertindo (destruindo patrimônio).

    Depois surge um novo Pinochet, o povo ordeiro aplaude, e a mídia fica sem entender.
  • Wesley  24/10/2019 23:44
    Globo cof cof
  • dagc  25/10/2019 23:53
    Surpresa onde? A.midia sabe de tudo isso, estao torcendo pra continuar e por isso inflam mentiras. Midia 90% é esquerdista
  • anônimo  25/10/2019 00:47
    No Chile tá tudo bem, exceto policiamento. Tudo funcionando perfeito, foram baixando os invéstimentos em segurança, no número de policiais. A esquerda viu um gambito de abertura, uma brecha oa poder atacar e fugir. A reação fraca das forças de segurança deu segurança pros manifestantes endurecer ainda mais a manifestação, fazer o circo pegar fogo . Ninguém esperava um ataque assim num país que já está com a pobreza quase eliminada, com os índices sociais bons, desigualdade e pobreza em queda.
    Foi um teste de força. Subestimar o inimigo.
  • Régis  24/10/2019 19:14
    Só sei que:

    Fome e miséria generalizada na Venezuela (causadas por um governo de esquerda)

    Moratória na Argentina (em decorrência da vitória da esquerda kirchnerista)

    Estado de Sítio no Equador (causado por baderneiros de esquerda)

    Baderneiros nas ruas do Chile (todos abertamente de esquerda)

    Fraude descarada nas eleições presidenciais da Bolívia (na prática, colocando Evo, que já estava proibido de concorrer, como um ditador vitalício).

    Congresso fechado no Peru (neste caso, nada a ver com a esquerda, que praticamente não mais existe no Peru; exatamente por isso é hoje o país que mais cresce na América Latina)

    No momento, os únicos países estáveis na América Latina (dentre os mais importantes) são Brasil e Colômbia.

    Se Bolsonaro conseguir manter a ordem e sua equipe permitir algum progresso, aí realmente ele será o verdadeiro mito.
  • Pinilla  24/10/2019 19:47
    O Foro de SP não vai desistir fácil. Por isso é de suma importância o governo brasileiro não cometer mais cagadas graves. O Brasil é um dos países mais cobiçados pela esquerda por conta de seu tamanho.
  • Stalin  24/10/2019 19:21
    "O preço da liberdade é a eterna vigilância" é uma frase pra amanciar o gado votante sobre a imbecilidade que é a democracia. Assim, se um estatista louco vence, a culpa é do maldito pessoal que estava certo e que não conseguiu vencer.

    "É preciso remover fisicamente comunistas e democratas para uma ordem social libertária ser mantida" é uma frase que alerta que não há sentido nenhum em manter os inimigos do sistema dentro do sistema. É como dar murro em ponta de faca.

    Só espero que o Piñera volte atrás e revogue tudo isso no futuro. Se você der a mão para socialistas, eles irão querer seu braço, se der o braço, vão querer o corpo inteiro.
  • Rojas  24/10/2019 19:35
    O título é muito bom, pois é ambíguo. No final, não se sabe se o populismo que ataca o Chile é o dos manifestantes ou o do presidente que se acovardou e cedeu.
  • Gabriel  24/10/2019 20:16
    O mesmo vale para a Argentina. Independente de quem ganhe no próximo domingo (Macri ou Cristina) o populismo venceu.

    Aliás, demorou para o Chile sucumbir. Sempre achei surpreendente, levando em conta o histórico da América Latina, o país passar incólume da onda bolivariana populista do continente.
  • Yuri  24/10/2019 19:45
    Não sei o motivo de fazerem tanto alarde com a previdência chilena. Ali é pura questão matemática, atuarial, contábil.

    Quem contribuiu com pouco está recebendo pouco. E está reclamando. Querem receber muito tendo contribuído pouco.
  • Leandro  24/10/2019 19:50
    1) A contribuição é compulsória e estipulada pelo governo.

    2) Há apenas 5 empresas autorizadas pelo governo a captar depósitos. A concorrência entre elas é nula.

    3) Essas 5 empresas, exatamente pelo fato de os depósitos dos trabalhadores serem obrigatórios, usufruem uma clientela cativa. Tendo uma clientela cativa, a oferta de bons serviços só ocorreria por total abnegação religiosa.

    Mas agora vem o principal:

    4) As pessoas podem se aposentar depositando apenas 10% do seu salário e durante apenas 20 anos!

    Aí eu digo, tente você fazer isso: escolha a melhor previdência privada brasileira (não estou me referindo a bancões; quem tem corretora tem acesso a planos previdenciários realmente bons fornecidos casas não ligadas a bancões) e deposite 10% do salário mínimo durante apenas 20 anos e veja se, após isso, você será capaz de viver aposentado cercado de mordomias.

    É matematicamente impossível.

    E, no caso do Chile, há um agravante: como as 5 empresas não têm de concorrer entre si, e como elas são estritamente reguladas pelo governo, que fiscaliza o portfólio delas para assegurar que os investimentos sejam de baixo risco, elas acabam fazendo apenas investimentos tradicionais. E em que elas aplicam? Em letras do Tesouro. E quanto elas pagam? Em média, 4% ao ano. Juro bem baixinho, igual desenvolvimentista gosta.

    Agora, diga aí: como é que aplicando 10% do salário mínimo durante apenas 20 anos e rendendo apenas 4% ao ano (e isso antes dos impostos, cuja alíquota máxima é de 35%) irá fornecer aposentadoria nababesca? Pelo que eu saiba, ainda não revogaram a matemática.

    Dito isso, ressalte-se que um chileno ao menos sabe que, ao se aposentar, irá receber algo. Já aqui no Brasil, é certeza absoluta que, quem se aposentar daqui a 40 anos, nada receberá.
  • Yuri  24/10/2019 20:00
    Então, esse é meu ponto. Embora o sistema chileno seja mais sustentável que o brasileiro, ele não dá aos chilenos uma genuína liberdade de escolha. Os chilenos são obrigados a direcionar 10% de seus salários para fundos de pensão. Essa obrigatoriedade serve apenas para garantir a rentabilidade dos fundos de pensão, os quais certamente aplaudem e defendem essa regulamentação estatal.

    O único sistema defensável é aquele que você decide o que fazer com a totalidade do seu salário. Se você quer aplicar em bolsa, ou deixar na conta-corrente, ou numa conta-poupança, ou colocar em fundos de investimento etc., tudo será uma decisão inteiramente sua, bem como qual porcentagem do seu salário você quer direcionar a tais aplicações.

    O sistema chileno não faz nada disso.

    Mas, mesmo assim vale ressaltar que não há nada de errado (em termos contábeis) com a previdência chilena. As seguradoras estão pagando estritamente de acordo com o que foi "contribuído" pelas pessoas. Eu sou contra o sistema chileno (pelos motivos acima apontados), mas neste quesito ele está correto. Quem contribuiu com o mínimo, irá receber o mínimo. Questão atuarial e contábil básica. Não tem como contribuir com pouco e receber muito. Nenhum sistema previdenciário sensato funciona assim. Só o sistema estatal -- que por isso está quebrado e é insustentável.
  • Victor Quintao  24/10/2019 22:06
    "e como elas são estritamente reguladas pelo governo, que fiscaliza o portfólio delas para assegurar que os investimentos sejam de baixo risco"......imagino que no Chile não há uma cadeia de seguradoras que assegurariam as previdenciárias permitindo que estas se arriscassem mais...Como atrair seguradoras para assegurar as previdenciárias privadas para o Chile? Quem tem tanto capital assim?
  • Tannhauser  25/10/2019 13:14
    Ótimos pontos. Imagine quais devem ser as taxas de administração e de carregamento desse regime...

    De qualquer forma, temos que ficar espertos, pois o PG já disse que quer criar um regime de capitalização, citando o Chile como exemplo. Vão querer criar algo muito parecido.
  • anônimo  25/10/2019 20:17
    O único erro do sistema chileno é ser compulsório e ter apenas 5 empresas garantidas pelo governo.

    Mude isso, e o sistema está corrigido.
  • Bernardo  24/10/2019 20:03
    Há de se reconhecer que a estratégia da esquerda é genial: pega-se um país que está funcionando bem, recruta-se massas de manobra para se fazer badernas, e então a própria esquerda passa a utilizar essas badernas orquestradas por ela como a prova de que o país em questão na verdade é um lixo.

    Simples, e totalmente efetivo.
  • Augusto  24/10/2019 20:10
    Se os protestos são contra a pobreza, a desigualdade e o sistema previdenciário, então onde estão os pobres e os idosos aposentados nos protestos? Só se vê ali adolescente de classe média alta (facilmente perceptível pelas roupas).

    Ah, e até onde sei, quem protesta contra a previdência não depreda loja e sai carregando televisão 4k.

    No futuro, historiadores olharão para esse episódio e se espantarão com como foi fácil enganar trouxas.
  • anônimo  25/10/2019 17:52
    O Chile reduziu as polícias. Essa turba viu o potencial de atacar durante essas manifestaçoes e planejou durante anos.. porque o Chile diminuiu as polícias? Anos de crescimento, baixo desemprego, aumento dos índices socioeconômicos todos os anos. Acreditaram que a criminalidade é derivada da pobreza e não do oportunismo de quem não tem moralidade.
    Quando começou a invasão, as forças de segurança estavam na moleza, com efetivo baixo, anos de força armadas em redução, pois confiaram que a estabilidade não geraria ataques.
    Mas o foro de São Paulo não respeita fronteiras. Certamente esses baderneiros do Chile receberam recursos pra planejar a manifestação. Tudo orquestrado
    A Suíça funciona muito bem , tem neutralidade em relação a todos os países do mundo. Ninguém pode atacar a Suíça. Mas isso não impede que algum grupo não governamental organize alguma subvelacao e pegue o Pacífico povo de calça curta.
  • Everton  24/10/2019 20:50
    7% de desempregados no Chile. Como podemos explicar isso sendo o Chile mais liberal que a Dinamarka? O salário mínimo não explica, porque num país livre e rico não haveria 7% de pessoas que não conseguiria produzir mais que um salário mínimo. O texto não explica esse alto desemprego.
  • Castro  24/10/2019 22:04
    Zoou, né? Como poderia haver desemprego zero se o mercado de trabalho é amarrado?

    O Chile tem apenas 65% de labor freedom. É o mesmo nível de Romênia, Hungria e Burma. E pior que Bósnia e Sérvia.

    [link{www.heritage.org/index/explore?u=637075360922126540[/link]

    Deve ser o tal "neoliberalismo", né?

    Ah, sim, em termos de liberdade trabalhista, a Dinamarca tem 86,4% e é o sexto país mais livre do mundo neste quesito.


    P.S.: o desespero da esquerda é sempre hilário. Vêm cheios de pose exigindo algo (achando que estão abafando), e acabam oferecendo ainda mais munição.
  • Everton  25/10/2019 02:00
    Obrigado. Por isso que acho que o nosso erro é ficar espalhando que o Chile é modelo liberal. Agora estão começando aparecer os reais estatismos do Chile. 65% labor freedom. Apenas 5 instituições coordenando a previdência. Creio que impostos nas importações também devem ser estatismos que acaba fazendo o povo ter algumas dificuldades. Ou seja, os protestos nào são populistas, são reais. E a resposta deveria ser mais liberalismo.
  • Felipe  24/10/2019 22:07
    Talvez por ser um país muito pequeno e ainda haver certas regulações. Vai saber.

    Eu também acho essa taxa bem alta.
  • Felipe  24/10/2019 22:09
    E foi disso de que o Pinochet livrou o povo chileno.
  • Guilherme  24/10/2019 22:09
    Não entendi o comentário do Everton. Ao dizer que o Chile tem apenas 7% de desemprego, ele tá criticando ou elogiando? No Brasil, já chegamos a ter13% de desemprego. Estamos agora em 11%.

    Ter apenas 7% de desemprego seria um paraíso.

    Ele tá criticando e dizendo que tá ruim?


    P.S.: o Chile ter apenas 7% de desemprego tendo um mercado de trabalho amarrado é realmente uma grande façanha. Nas sociais democracias européias, desemprego de 9% é considerado pleno emprego.
  • anônimo  25/10/2019 01:13
    Ele tava criticando o liberal Chile. Fazer parecer que o Chile é pior que os da esquerda, quando que o atual Chile já está sa um passo do primeiro mundo , enquanto que a Venezuela já tá na lanterna do quarto. Erro comum de comparar países diferentes somente por alguns dados.
    É o mesmo que dizer que o Chile é pobre porque o Brasil tem um PIB de trilhões enquanto que o Chile tá na casa dos bilhões.
  • Everton  25/10/2019 02:07
    No liberalismo não há sentido haver desemprego. Então se está com 7% de desemprego é porque deve ter muita coisa amarrada pelo estado. O problema principal é rankiar o Chile entre os 10 mais liberais e ficar dizendo que ele é modelo. E que quando o povo reclama então è populismo. Melhor resposta ao protesto é liberar mais.
  • Leitor  24/10/2019 22:08
    Como vocês explicam o sucesso Uruguaio? Uruguai exemplo da esquerda e Chile exemplo da direita.

    Qual esta melhor? E porque o Brasil não pode seguir o modelo Uruguaio?

    Seria ele mais justo socialmente?
  • Humberto  24/10/2019 22:21
    Alta? Eu queria saber em que mundo vocês vivem para dizer que 7% de desemprego é taxa alta. No Brasil, isso estaria além do pleno emprego.

    Uruguai? Já foi bom. Hoje, já era.

    1) Desemprego em ascensão. Era de 5,40% e hoje já subiu pra 9,1%. E com tendência de alta.

    d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/charts/uruguay-unemployment-rate.png?s=uruguayunetrate&v=201910071855V20190821&d1=20090101&d2=20191231

    E olha que o desemprego ainda é o melhor índice.

    2) A inflação de preços está em 8%. Mas já bateu em 11%.

    d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/charts/uruguay-inflation-cpi.png?s=uruguayinfnrate&v=201910031917V20190821&d1=20090101&d2=20191231

    O país só está melhor que Argentina e Venezuela em termos de inflação.

    3) E a moeda se desvalorizou quase 100% em 5 anos. (Desvalorização ainda maior que a ocorrida no escabroso governo Dilma).

    d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/charts/uruguay-currency.png?s=usdury&v=201910240131V20190821&d1=20090101&d2=20191231

    Se a esquerda resolveu adotar o Uruguai como modelo, rapaz, aí é sinal de que o desespero realmente tá feio. Não tinha coisinha melhor, não?


    P.S.: ainda mais gentil foi dizer que o Chile é o exemplo de direita e o Uruguai, de esquerda. Se for isso mesmo, nem tem debate. O Uruguai apanha em todos os quesitos: renda per capita, inflação, desemprego, moeda etc. Tiro no pé.
  • anônimo  25/10/2019 01:06
    Tão só usando o Uruguai histórico. Já já os resultados esquerdistas aparecem e 70 anos de estabilidade e bom índices econômicos vai pras cuias. Não foi o gov de esquerda que levou o Uruguai a um bom momento. O gov de esquerda só tá lá agora e o Uruguai já estacionou.
  • alerj  25/10/2019 11:15
    Tudo bem. Concordo. Mas vcs sabem o que aconteceu na história do Uruguai economicamente que o fez chegar a esse patamar econômico de renda per capita ? Sei que eles foram governados por militares na década de 70. Foram as reformas econômicas do militares ?
  • Felipe  25/10/2019 13:41
    Psiu, não conta pra ninguém, mas não havia imposto de renda de pessoa física no Uruguai até 2007. Aí então inventaram um. E desde então a economia foi ladeira abaixo.

    d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/charts/uruguay-personal-income-tax-rate.png?s=uryirstax&v=201802121218V20190821&d1=19190101&d2=20191231&type=line

    home.kpmg/xx/en/home/insights/2011/12/uruguay-income-tax.html
  • Victor Quintao  24/10/2019 22:14
    "Os chilenos recebem em média 34% do salário de contribuição. [...] é o mesmo patamar de Rússia (34%), Japão (35%), Estados Unidos (38%) ou Alemanha (38%). Está acima de Reino Unido (22%), México (26%) e Austrália (32%)."


    Alguma mágica aconteceu...o custo de vida aumentou no Chile...A Bachelet deve saber o porquê
  • Tropa de Choque  26/10/2019 07:20
    Sim. E o presidente frouxo vai contribuir pra aumentar mais ainda.

    O cara fez tudo o que pediram, e reagiram com ainda mais violência.

  • Bernard  24/10/2019 22:20
    O que acham do derramamento de óleo no Nordeste?
  • anônimo  25/10/2019 00:52
    Certeza que é aqueles navios que transportam petróleo clandestinamente, a Venezuela tá vendendo petróleo escondido, dévito as sanções. O óleo tá vindo por aquela corrente que trouxe o Cabral ao Brasil. Os navios clandestinos , tranqueiras compradas num ferro velho, jogam no mar pra não serem pegos. Dar a corrente África Brasil traz o óleo pra praia da baía e depois se espalha para o norte. Ninguém acha o vazamento porque tá em rotas internacionais, nenhuma guarda costeira passa por lá.
  • thiago  25/10/2019 13:44
    suspeito da sua certeza.
  • Ulysses  25/10/2019 14:29
    O óleo é da Venezuela (como já está confirmado), e há indícios sólidos de que foi espalhado por um navio do Greenpeace. Tática manjadíssima da esquerda: cria baderna para logo em seguida acusar os adversários de não estarem dando conta de cuidar da baderna.
  • Tannhauser  25/10/2019 17:08
    Quais indícios? Fonte?
  • Ulysses  25/10/2019 17:38
    www.poder360.com.br/midia/salles-insinua-relacao-entre-navio-do-greenpeace-e-vazamento-de-oleo/

    g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2019/10/24/salles-afirma-que-greenpeace-tem-que-se-explicar-por-ter-navio-perto-do-litoral-brasileiro-quando-manchas-de-oleo-surgiram-no-nordeste-ong-diz-que-ministro-ataca-com-mentira.ghtml


    Sem contar que o fato de o Greenpeace ficar passeando por aí de navio (que utiliza combustíveis fósseis e que ainda suja os oceanos) já é uma baita de uma contradição. É o equivalente a um desarmamentista sair andando pelas ruas com uma metralhadora e uma bazuca.
  • Senso Incomum  26/10/2019 02:29
    O Greenpeace não seria burro o suficiente em usar seus navios para espalhar óleo no litoral. Mas dado que já se envolveram em episódios ecoterroristas, não seria nenhuma surpresa ser verdade. leftexposed.org/2015/08/greenpeace/

  • Daniel Moraes dos Santos  28/10/2019 23:16
    Ta aí um belo exemplo de estatismo. Como sempre mostrando a grande verdade a respeito de governos e do estado.
  • Wesley  24/10/2019 23:36
    Por causa dos esquerdistas que a América do Sul não vai pra frente, essas pragas irritantes que usam pessoas inocentes(analfabetos, pessoas pobres que não tem estudo etc) e alunos de escolas/universidades públicas. Será que um dia a esquerda dominará o mundo? Europa já está cheia, continente americano, asiático e africano tbm, e parte da Oceania, isso me faz querer ver muitos países quebrando e pessoas vendo que socialismo não dá certo da pior maneira possível(não sou mal ok).
    Off:Gente vocês viram notícias que os chineses, assim como americanos estão isentos de visto na entrada no Brasil? Vocês acham que é benéfico? Ou tem algo por trás?
  • anônimo  25/10/2019 01:02
    Política pura. Quer aliados. Porque os inimigos vão continuar batendo.

  • Raquel  25/10/2019 00:27
    É engraçado que da noite para o dia,todo mundo passou a odiar o Bolsonaro,como se ele não tivesse sido eleito democraticamente.Eu vivo num meio social tóxico,a maioria das pessoas que convivo são lulistas e petistas de carteirinha.Eu até deletei meu facebook,pois cansei de ouvir ofensas e xingamentos,apenas por ser de direita.
  • Roberto  29/10/2019 19:56
    Como eu também. Os ataques vem de todas as direções, todos os dias.
  • Em busca da verdade  25/10/2019 00:29
    Dinheiro para atender as reivindicações, a meu ver justas, tem, afinal o Chile tem uma carga tributária baixíssima e ótima situação fiscal.
  • Entregando a verdade  25/10/2019 00:58
    Eleva impostos => cai a atividade econômica => cai a receita do governo => cai sua capacidade de bancar exatamente os serviços que ele se propôs a prover via elevação de impostos

    Supply-side economics básica.

    Aliás, esse é o grande erro da esquerda: vocês juram que economia é uma coisa estática (totalmente indiferente a tributações e regulações) e que a riqueza é um dado fixo e constante da natureza, tendo apenas de ser redistribuída. A coisa mais rara que existe é um esquerdista que sabe que a riqueza tem antes de ser criada (e que entende que tributação e regulação reduzem o processo de criação de riqueza).

    Com bem diz o artigo, o dinheiro estatal é oriundo da tributação de bens e serviços; se a produção de bens e serviços for reduzida (e será pelo aumento de impostos; vide economia americana na década de 1970), então a capacidade arrecadatória do governo será, por definição, impactada. Curva de Laffer.

    Na verdade, é a esquerda progressista quem acredita que o mercado é perfeito e imune a falhas
  • Só quem detém o monopólio da violência é quem possui a genuína caridade?  25/10/2019 17:02
    É impressionante como o governo atual não consegue simplesmente se comunicar. Bolsonaro e alguns de seus ministros caem boçalmente no jogo da esquerda, que coisa ridícula. Parem de condenar os atos terroristas e condenem o monopólio das AFP's.

    Onde está Ciro ''Machão'' Gomes e a esquerda dita progressista para condenar o monopólio do setor assim como o fazem com o setor bancário, com razão, aqui no Brasil?? Só sabem falar mal do sistema em si, com críticas vazias..

    Pinera não pode ceder como Macri o fez. Se o Chile cair para os mansos e humildes de coração, meus caros, o discurso liberal na América Latina estará frito.

    Sobre o assunto:


    A capitalização, se lançada agora, seria maravilhoso para o Brasil. Ajudaria a alavancar o baixo nível de poupança do país - problema crônico ; poderia turbinar o financiamento de obras de infraestrutura

    Guedes quer instituir, conjuntamente com o regime de capitalização, uma espécie de ''fundo social'', que cumprirá um papel de imposto de renda negativo friedmaniano. Deste modo, aquelas pessoas que, neste novo sistema, ao aposentarem-se, não atingirem poupança suficiente a oferecer um salário mínimo como renda , o fundo social cumprirá este papel suplementar. É uma proposta politicamente muito viável. Na teoria, a aposentadoria " garantida" pelo Estado somente será de um salário mínimo (como deveria ser, do gari da COMLURB aos ministros do STF). No Chile, salvo engano, não havia um sistema parecido. Acredito que a indústria de fundos previdenciários no Brasil possui um enorme potencial, bastando somente que não exagerem na regulação para evitar o efeito colateral da reserva de mercado.
  • Túlio  25/10/2019 17:35
    Embora você tenha feito bons pontos, infelizmente você é só mais um que acreditou na narrativa criada de que "as manifestações são contra a previdência". Por favor, apresente uma única prova disso. Adolescentes baderneiros estão depredando um país inteiro só porque há empresas privadas de previdência? Você realmente comprou essa estória?

    Pelo amor, hein?
  • Só quem detém o monopólio da violência é quem possui a genuína caridade?  25/10/2019 18:22
    Com a esquerda você tem de ser o mais frio e técnico possível, não se esqueça que eles possuem a morada dos corações e mentes, bem como a patente vitalícia da virtude. A mídia daqui está se lixando para os atos em si, apenas estão tentando linkar a atual situação do Chile com questões conjunturais de nossa política interna. Portanto, compreendo o seu lado, só fiz questão de alertar para o que Bolsonaro deve focar ao tratar sobre está questão. Não estou censurando o cara, mas se ele mencionasse o problema das AFP´S de forma contundente, daquele jeito histriônico dele, poderia dar uma boa rasteira nesta mensagem subliminar que a esquerda quer passar, através da mídia, a respeito da proposta de capitalização da previdência e de uma agenda direcionada a um projeto de país com maior liberdade econômica.

    Ademais,não mencionei que os protestos foram, única e exclusivamente, ensejados pelo sistema previdenciário. Destaquei esta questão em virtude do atual debate que se faz em nosso país sobre o sistema de aposentadoria ser parcialmente balizado pela experiência chilena. Caso Guedes e as pessoas sensatas que sabem que a capitalização é a única saída para o sistema previdenciário não destaquem estes pormenores das AFP´s, perderão miseravelmente o debate para os progressistas e bons moços de plantão, e verão um horizonte bem sombrio nos aspectos fiscais para o Brasil nos próximos anos...
  • anônimo  25/10/2019 17:22
    A indústria no Brasil não está morrendo pela competição, afinal, ela nunca esteve em uma... Ela só não contava com uma Hiperinflação e um posterior estado de bem estar social nababesco, bizarramente ineficiente em seus propósitos, que suga toda a poupança real do país através de sua dívida pública pessimamente administrada.
  • Simon  25/10/2019 17:28
    Piñera não apenas cedeu em todas as exigências da esquerda, como ainda concedeu muito mais benesses. E o que aconteceu? A esquerda farejou a fraqueza e simplesmente intensificou as manifestações e a violência.

    Macri fez a mesmíssima coisa, cedeu em tudo (embora não tenha enfrentado protestos violentos), e também levou ferro.

    Lição básica: dois moderados centristas (eu diria frouxos mesmo), muito elegantes e que sempre respeitaram a liturgia do cargo. Bem ao estilo Alckmin, Dória, Amoedo. Taí o resultado: a esquerda voltando trucidando.

    Que fique a lição básica: ninguém respeita moderadinhos, educadinhos que "seguem a liturgia do cargo". Esses são impiedosamente trucidados.

    Falem o que quiser de Trump e Bolsonaro (eu mesmo tenho várias críticas), mas uma coisa é certa: eles têm base de apoio (coisa que os educadíssimos e frouxíssimos Macri e Piñera nunca tiveram) e, por isso, a esquerda se borra de medo deles. E é exatamente assim que tem que ser.
  • Régis  25/10/2019 17:48
    Concordo, principalmente sobre "farejar fraqueza". Aliás, notícia de hoje:

    "Enquanto o presidente Piñera tenta avançar em sua agenda social – nesta quinta-feira assinou o projeto que suspende a elevação das tarifas elétricas até dezembro de 2020 –, o Congresso vive jornadas agitadas. Em meio à maior crise política e social no Chile desde a restauração da democracia, em 1990, um grupo de parlamentares de diferentes setores protagonizou na quarta-feira um incidente inédito no plenário da Câmara, que incluiu inclusive empurrões. Enquanto os deputados comunistas e de outros grupos de esquerda avaliam apresentar uma acusação constitucional [processo de impeachment] contra o presidente, a oposição fez valer nesta quinta a sua maioria na Câmara e aprovou a tramitação de um projeto de lei que reduz o limite da jornada de trabalho de 45 para 40 horas semanais."

    brasil.elpais.com/brasil/2019/10/24/internacional/1571937300_504889.html
  • anônimo  25/10/2019 20:15
    Macri foi de longe o pior. Ele SÓ tinha que dolarizar a economia, só. Todos seus esforços iniciais deveriam ser apenas nisso. E ele acreditou piamente que um establishment estatista deixaria as reformas passarem.

    Aqui no Brasil parece que aprenderam com a Argentina. O presidente faz o que está ao seu alcance e logo depois vai nas redes apontar o dedo para os culpados das outras reformas prometidas não passarem. Se isso não fosse feito, um desavisado poderia olhar para as palhaçadas que o Supremo está fazendo e realmente achar que o culpado é o presidente.

    Enfim, não deixa de ser irônico que todos os outros países mergulhando na lama, o Brasil quem vai atrair os investidores latinos.
  • Régis  25/10/2019 22:36
    "Enfim, não deixa de ser irônico que todos os outros países mergulhando na lama, o Brasil quem vai atrair os investidores latinos."

    Rapaz, e tá parecendo que é isso mesmo, viu? Só nesta semana, o dólar desabou de R$ 4,15 para R$ 4,00. Junto com a Colômbia, o Brasil se tornou o único porto seguro da América do Sul. Se o governo não fizer cagada, dá pra surfar bem nessa onda.
  • Simon  13/12/2019 01:39
    Aproveitando a deixa, com a enfiada que o Partido Conservador, do Boris Johnson (o mais radical Tory desde Thatcher), deu hoje no Partido Trabalhista, já está claro que o fenômeno é realmente mundial: o povo não está mais querendo saber de moderadinhos centristas e educadinhos (como eram David Cameron e Theresa May). Macri era assim e rodou. Piñera é assim e acabou. Álvaro Uribe era o oposto e seu grupo está até hoje no comando da Colômbia (desde 2002). Que Bolsonaro tome nota.
  • Só quem detém o monopólio da violência é quem possui a genuína caridade?   25/10/2019 19:20
    A esquerda tem de ser tratada como Hitler foi por Churchill antes deste assumir o cargo como Primeiro Ministro na Inglaterra. Ou como Tatcher e os sindicatos nos anos 80. Lembremos deste episódio da história, ou a classe dita intelectual nos enveredará rumo a autoestrada do inferno. Sejamos serenos, pacientes, respeitosos porém firmes nas nossas convicções.
  • Felipe  25/10/2019 20:18
    É claro, um montão de gente vai tomar porrada da policia na rua pq nao aquentam mais viver no paraíso neoliberal. A desonestidade neoliberal não tem limites. Falando em neoliberais, é impressionante como esse povo que diz defender a liberdade adora uma repressão.
  • Martins  25/10/2019 22:45
    "É claro, um montão de gente vai tomar porrada da policia na rua pq nao aquentam mais viver no paraíso neoliberal."

    Ué, na Bolívia e na Venezuela está acontecendo a mesmíssima coisa. E aí? Tais pessoas também estão se revoltando contra o "paraíso neoliberal"?

    Aliás, você ao menos tem a mais mínima idéia do que é neoliberalismo? Você sabia que este site é contra tal arranjo?

    Você sabe o que realmente significa 'neoliberalismo'?

    "A desonestidade neoliberal não tem limites."

    Concordo. Neoliberal (que nada mais é do que um keynesiano social-democrata) é uma merda. Mas, especificamente no caso chileno, eles não têm nada a ver com isso. A culpa da merda toda é de um punhado de socialistas baderneiros, mesmo (todos de classe média alta, como se percebe nitidamente pelos vídeos postados no YouTube).

    Aliás, você sabe o que realmente significa 'neoliberalismo'?

    "Falando em neoliberais, é impressionante como esse povo que diz defender a liberdade adora uma repressão."

    Não sei. Não lido com eles. Eu defendo liberdade e livre iniciativa, e não keynesianismo e keynesianos (que são os neoliberais). Mas sei que, por piores que eles sejam, socialistas são infinitas vezes mais.

    Aliás, você sabe o que realmente significa 'neoliberalismo'?
  • anônimo  26/10/2019 04:30
    Rapaz, não fiz incitação à violência. De modo algum. Citei estes dois casos - o de Churchill em relação à ascensão nazista, e o de Tatcher na negociação com os sindicatos - como exemplos de determinação em momentos sensíveis, de enorme impasse e incerteza. No caso do Chile, não é diferente. Nao se deve fazer concessoes! Jovens com sede de destruição saem pelas ruas do país, causam enormes prejuízos patrimoniais, ceifam 18 vidas, tudo isso em virtude da desigualdade e justiça social? Já viu os indicadores socioeconômicos chilenos?

    Geração besta, possuem e desfrutam de todas as benesses do mundo moderno. Isso me faz lembrar da dita "Revolução de 68", que nenhum livro de historia consegue explicar realmente o que aconteceu -o que não surpreende, afinal, pirraça e histeria coletiva de pessoas de bucho cheio não possuem tanto precedente na história humana.

    E mais. Felipe, você acha que uma pessoa que acredita que o Estado deve determinar a preferência temporal de uma sociedade ou país inteiro pode ser considerada liberal? Fico no aguardo de sua resposta, ela é imprescindível para mim.



    Tratem de combater o monopólio das AFP's. Liberem mais o portfólio de investimentos das administradoras. Nosso país poderia ser destino de vários investimentos de capital chileno, muito em virtude da nossa dramática infraestrutura - o que seria um prato cheio para a indústria previdenciaria, pois sao investimentos de longo prazo e retorno potencialmente alto. Já pensou nisso? Ao defender a livre iniciativa, você está detonando os empresários da pior espécie possível.

    Um abraço.
  • PauloHMB  25/10/2019 21:39
    Será que é só populismo? As passagens subiram, e em vários países isso é um cartel, a inflação também não é neutra;
    Então, o culpado vai pro neoliberalismo, afinal, estava nas mãos de uma empresa privada(mesmo sabendo que custos e preços dependem de varias politicas estatais, só que o povão não sabe);
    Ao invés de passar pano para uma economia livre, pero no mucho, basta imaginar que se o chile fosse um liberalismo autriaco, a deflação seria a regra e esses populismos alimentados por aumento de preços seriam reduzidos;
    Os erros da direita quase sempre alimentam a esquerda;
  • Simon  25/10/2019 22:35
    Meu caro, tarifas de utilidade pública são cartéis protegidos pelo estado em todos os países do mundo. O sistema chileno é o mesmo que há no Brasil e em toda a Europa. Um setor em que é o estado quem determina preços.

    E adivinhe só? Aqueles poucos que criticam esse modelo e que pedem um livre mercado para este setor (os austríacos) são esculachados.

    Logo, se esse fosse realmente o motivo do distúrbio, então ele deveria ser mundial. Sugiro acordar e entender que tudo isso está sendo cuidadosamente orquestrado por forças muito maiores. Apenas veja a sequência de acontecimentos na América Latina exatamente num momento em que os países finalmente começam a se afastar da esquerda. É muita coincidência...
  • Entreguista.  29/10/2019 00:46
    Forcas maiores,que sao pessoas que precisam do governo para viver e estao desesperadas. Ex: funcionarios publicos,ongs,empresas amiga do governo,politicos e etc. E essa cambada que puxam protestos. Pode ir la e perguntar a esses joves do protesto e voce vai constatar que a boa maioria sao essas pessoas que vivem do governo de alguma forma e mais meia duzia de gado massa de manobra amiguinho desses lixos condenados a viver na miseria. Ninguem faz nada de graca. No Brasil mesmo é facil constatar isso. Observe que os estados que mais elegem o pt por exemplo,sao os estados que mais tem funcionarios publicos e gente vivendo da miseria alheia.
  • CAESAR  29/10/2019 15:49
    Percebo os debates por aqui e me surpreende o ALTO nível de polidez e conhecimento em alguns casos.

    Uma observação a alguns daqui, ainda que tivessem sido bem interessantes em suas colocações, é sobre a questão de que acham que o SERVIDOR PÚBLICO seja um dos ou o principal culpado por essas insanas e perversas manifestações; NÃO!!

    Sou servidor federal e tenho vários colegas que votariam e ainda votam no Bolsonaro, ainda que tenhamos perdido poder de compra mediante as recentes medidas tomadas. E sem contar o tempo para a aposentadoria que aumentou, okay; necessária medida!

    Mas, seria simplista demais acusar uma classe de que a mesma seja o baluarte, o pilar de movimentos esquerdistas e pior; RADICAIS & VIOLENTOS!!
  • Bolívar  26/10/2019 00:01
    "Ao invés de passar pano para uma economia livre, pero no mucho, basta imaginar que se o chile fosse um liberalismo autriaco, a deflação seria a regra e esses populismos alimentados por aumento de preços seriam reduzidos;"

    A pergunta é: as pessoas estão pedindo isso? Não, não estão. E se você sugerir isso vão gritar "fascistas neoliberais" e encerrar a discussão.

    Impressionante como as pessoas ainda não perceberam a natureza desses protestos. É o mesmo de sempre, o gado indo para a rua pedindo mais estado. Hoje o presidente chileno anunciou a redução da jornada de trabalho e já estão pedindo "nova constituinte". É isso que dá abrir as pernas para a esquerda.

    Em uma coisa eles são imbatíveis: baderna. Ali eles se criam. E com um presidente frouxo então... A festa está garantida.

    "Os erros da direita quase sempre alimentam a esquerda;"

    Com um presidente frouxo desse realmente, não tem nada de surpreendente. No primeiro estouro já abriu as pernas.
  • Senso Incomum  26/10/2019 01:57
    É o que um sujeito falou mais acima: "se você der a mão para socialistas, eles irão querer seu braço, se der o braço, vão querer o corpo inteiro". São parasitas insaciáveis, o que os move é a vontade de parasitar e destruir.

    Piñera não apenas cedeu em todas as exigências da esquerda, como ainda concedeu muito mais benesses. E o que aconteceu? A esquerda farejou a fraqueza e simplesmente intensificou as manifestações e a violência.

    É nisso que invejo socialistas quando estão no poder, eles não brincam em serviço. É só ver o que a Rússia e China faz nos protestos. www.gazetadopovo.com.br/mundo/regime-de-maduro-ja-matou-18-vezes-mais-do-que-a-ditadura-militar-brasileira-bmvn25qul9pghlhypj0msfqme/
  • Aprendiz de EA  25/10/2019 21:51
    Pessoal,

    1 - vocês creem que a Bitcoin e outras criptomoedas podem realmente vir a se tornar uma dor de cabeça infernal para o baronato dos bancos e governos no futuro? Ou até mesmo que elas possam "implodir" moedas nacionais um dia?

    2 - Quanto às tentativas dos governos de controlá-las, vocês acham que vão vingar ou vão só correr atrás do próprio rabo?

    3 - Vocês diriam que a Bitcoin vai voltar a se valorizar num futuro próximo?

    Obrigado!
  • Fabrício  25/10/2019 22:47
    1 – Sim. E sim. Mas eu mesmo ainda não confio. Prefiro ouro.

    2 – Não conseguirão.

    3 – Ninguém sabe. Prefiro ouro.
  • Aprendiz de EA  25/10/2019 23:43
    Eu também não confio muito nas criptomoedas ainda, mas se elas apenas infernizarem os burocratas e sua turminha já terão conquistado meu coração.
    E falando nisso, muitos dizem que o avanço tecnológico irá gerar cada vez mais descentralização e poder para os indivíduos, o que também deve resultar em noites mal dormidas pros "representantes do povo", vocês diriam que isso está correto?
  • Felipe  26/10/2019 02:54
    1 - Sim.
    2 - Governo consegue nem controlar fronteira direito, quanto mais uma criptomoeda descentralizada e que você pode usar em qualquer casebre com internet.
    3 - Sim. Hoje valorizou bastante.
  • Dane-se o estado  27/10/2019 17:54
    Já está dando bastante dor de cabeça, tanto que recentemente os democratas americanos estão agora querendo voltar atrás do projeto do Facebook para a criação do "facebookcoin"

    A justificativa é bem explicita dada pelo próprio parasita estatal:

    "isto ameaça a soberania do dólar americano"

    "isto pode induzir a sistemas de governança que ameacem o sistema atual"

  • Senso Incomum  26/10/2019 00:48
    Dica: escrevam sobre a CPI das Fake News. Isso, junto com a neutralidade de rede, irá acabar com a liberdade de expressão na Internet.
  • Pedro  26/10/2019 02:59
    Boa
  • Felipe  26/10/2019 02:52
    Por que a América Latina é tão infestada de ideias estatistas, socialistas e populistas? Os governos dos países ibéricos é que começaram?
  • Tesla  26/10/2019 11:12
    QI baixo. Sim.
  • DW  26/10/2019 21:55
    Porque é uma região desigual na sua demografia, a America Latina possui uma cambada de pessoas pouco produtivas, que não possuem cultura de poupar e investir, de pouco iniciativa, em contrapartida há uma minoria empreendedora, ativa e produtiva, isso acarreta em uma clara desigualdade de renda, o que gera inveja e abre portas ao populismo.
  • alerj  05/11/2019 11:45
    Felipe. Portugal e Espanha não massacraram os índios. Pelo contrário, houve uma miscigenação do conquistador com os povos conquistados. Então nos países latinos vc tem uma imensa parcela da sociedade que é de origem indígena, rural e mais próxima de uma visão de vida de uma sociedade de subsistência do que o branco europeu que tinha uma visão de sociedade industrial.
  • Renato A. Laguna  26/10/2019 12:38
    Uma coisa é certa: não é a economia, estúpidos. Não é a economia.
    (não, vocês não são estúpidos, só estou parafraseando um meme da era Clinton)

    Talvez seja meramente um defeito do sangue latino. Temos vários precedentes: um país latino enfia a cabecinha no primeiro mundo só para o povo entrar em surto... e segue-se uma trajetória de declínio de muitas décadas.

    Pra uma explicação menos simplória a gente teria que olhar para variáveis como: facilidade para casar e criar filhos, estabilidade no emprego e na família, senso de identidade, senso de objetivo, sanidade cultural e religiosa (versus subversão), respeito mútuo entre as classes sociais, confiança entre as pessoas, etc.

    Tem ainda o fator "governante patético que fica sinalizando fraqueza aos quatro ventos", isso daí é um convite à tragédia.
  • Estado o Defensor do Povo  26/10/2019 15:10
    Já ouviram falar de economia comportamental?
  • Felipe  26/10/2019 21:34
    Sim, há um artigo falando exatamente sobre isso.
  • Aprendiz de EA  26/10/2019 16:09
    Pessoal, mais uma pergunta:
    Como vocês enxergam o futuro das ideias libertárias no Brasil e no mundo?

    Será que aqui no Brasil, mesmo com o Bolsonaro meio que denegrindo a direita (libertarianismo não é de direita mas o povo em geral entende assim ou chama de "neoliberalismo") as ideias libertárias tendem a ganhar força?

    E quanto ao resto do mundo? Quando estourar essa crise da qual tanto se fala será que as nossas ideias vão se espalhar mais ou o povo vai cair no conto da mídia mais uma vez e se voltar contra o "capetalismo"?

    Obrigado!
  • Felipe  27/10/2019 00:16
    Com o Brasil sou pessimista no sentido de que vai demorar muitas décadas para se tornar algo decente, mas com as ideias eu sou otimista. Estão penetrando em todas as veias, não mais apenas em alguns grupos isolados.

    O Raphaël Lima disse de que é pessimista com relação ao austro-libertarianismo nos EUA, o que eu discordo. O movimento tem décadas de existência e é relativamente organizado. Bom, foi aí que nasceu o Mises Institute, o qual leio todos os meses. Brasil vai demorar um pouco ainda.

    Quanto ao restante do mundo não sei. Bom, toda crise vem a mídia falar besteira e achar bodes expiatórios, mas dessa vez muito mais gente já terá sabido de que ela iria ocorrer e a culpa teria sido do estado, não do capitalismo.


  • Aprendiz de EA  27/10/2019 19:43
    Pois é, é desanimador ver nas redes sociais, hordas de pessoas sentando a vara no "neoliberalismo" e coisas desse tipo sem sequer possuir a mais mínima noção sobre o que se passa.

    Chega a doer ver pessoas dizendo que as comunidades de software livre são uma forma de organização socialista, sem parar um segundo pra pensar que essas comunidades são compostas por pessoas que voluntariamente se juntam e desenvolvem software, ninguém é forçado a entrar, ninguém é forçado a ficar, não percebendo que só por ser um arranjo voluntário já passa longe de ser socialismo.

    Dói ainda mais ver pessoas opinando que o capitalismo destrói o meio ambiente, e ainda largando pérolas do tipo "Cuba e Coréia do Norte estão entre os países que menos poluem no mundo", é claro que poluem pouco, a economia desses países é um lixo, indústria praticamente não tem, a agricultura é quase toda manual e com técnicas totalmente arcaicas, e falta praticamente tudo (Assim fica fácil produzir pouco lixo).

    Mas por outro lado me anima um pouco ver que cada vez mais pessoas estão falando sobre liberalismo, até mesmo sobre o Mises, mesmo que a galera do senso comum chame a praxeologia de "pseudociência" e ainda tenha muito esse preconceito de achar que liberal/libertário "é tudu mulequi di classi média qe num liga prus pobri".

    Mudando de assunto, o que vocês me dizem sobre a desaceleração da China? Será a bolha estourando ou é algum problema passageiro? Li por ai que o PC quer lançar estímulos, mas estão com o pé atrás por que não querem contrair mais dívidas, será que isso é preciso?

    Obrigado!
  • Felipe  29/10/2019 01:44
    Sim, essa desaceleração na China é o esperado, visto que eles criaram uma bolha através de expansão artificial do crédito.
  • Lima  27/10/2019 21:00
    O Mises Institute não fez pelo libertarianismo nos EUA nem 1/10 do que fez pelo libertarianismo no Brasil - muito graças ao trabalho deste site e de todos os libertários e libertários-sem-saber em geral que trabalharam por décadas no subterrâneo para confrontar as ideias do establishment estatista.

    O Mises Institute é muito mais antigo. Se fosse para o libertarianismo vingar nos EUA, já o teria feito. Donald Trump estaria falando de livre mercado para ser eleito, não de protecionismo. O resultado foi o contrário: o Mises Institute não só não conteve o paradigma da "intervenção estatal pode ser boa desde que seja a minha!", como também esse paradigma só se torna cada vez mais popular na direita e na esquerda. O país degringolou completamente.

    Além disso, os EUA costumam ser estéreis a ideias que abram demais a janela de Overton. Comunismo lá, por exemplo, foi absorvido pelo Partido Democrata (socialistas fabianos) antes mesmo de virar tabu no século XX com a guerra fria. Os libertários nos EUA ficam à sombra dos republicanos de forma análoga, exceto que o Partido Libertário em particular se joga ainda mais na escuridão quando se recusa a falar da questão mais crônica dos EUA neste década, que é a questão da imigração latina e seus efeitos na sociedade americana.

    Sendo assim, eu não ficaria surpreso se o trabalho dos libertários americanos fosse mais lido aqui no Brasil do que lá.
  • Alguem  29/10/2019 00:56
    Cara. Boa parte do povao americano é preguicoso e quer estado forte. Foi se o tempo que o Estados Unidos foi o mega capitalismo(talves ate os anos 89 ou 90,sei la). O pais so nao descamba de vez para o esquerdismo porque ele contruiu com muitos anos uma moeda de valor mundial e uma economia forte. No Estados Unidos tem tambem muito assistencialismo e gente que faz tudo para nao trabalhar e viver do estado. É por isso que a imigracao é forte nesse pais.
  • Wesley  27/10/2019 00:39
    Vão jogar a culpa no capitalismo e aumentar mais ainda o controle do estado na economia em varios países, e atualmente estou vendo mais pessoas com idéias libertárias.
  • Felipe  26/10/2019 21:35
    Alguém já leu o livro "Por que as nações fracassam"? O que acharam? Recomendam?
  • Milton Friedman Cover's  27/10/2019 12:03
    Bom dia, Raquel

    Vai para o Gab, rede social de direita. Lá, esquerdistas não tem vez.

    Abs.
  • Cosmo  27/10/2019 14:09
    É sempre o mesmo ciclo, um pais adota um pouco de liberalismo, enriquece, e dai volta os socialistas para destruir tudo. Por essas e outras que minarquismo é utopia.
  • Simón Bolívar  28/10/2019 00:46
    Nunca seremos afortunados!
  • Estado o Defensor do Povo  28/10/2019 02:50
    Vai te pamerda.
  • anônimo  28/10/2019 02:21
    A esquerda voltou na Argentina. Pior que esse resultado vai ser bom pro Brasil kkjkkk
  • Wesley  28/10/2019 20:21
    Kkkk top
  • O povo é louco  28/10/2019 21:56
    E esse hype no Chile? Esse pessoal é louco? Ah como eu queria uma máquina do tempo para avançar uns 30 anos e ver a América Latina...
  • Skeptic  29/10/2019 01:40
    O que explica o baixo índice de pobreza do Uruguai?
  • Felipe  29/10/2019 02:01
    Não havia imposto de renda até 2007, e o investimento estrangeiro direto era liberado e desonerado. Tão simples e ao mesmo tempo tão ignorado.
  • Skeptic  02/11/2019 18:26
    Verdade, são informações muito difíceis de chegar até nós. Tem (muita) gente que acha que é o governo quem cura a pobreza com programas sociais.
  • Estudante de Humanas  29/10/2019 19:15
    Deve ser os 8 anos governos de esquerda. Vi na Folha de SP.
  • Stachet  29/10/2019 08:19
    E pensar que tudo começou por conta das benditas passagens, algo que é ditado pelo governo em conluio com os empresários do transporte bem ligados politicamente.

    Pra vocês verem como nada pode ser deixado nas mãos do governo. Qualquer brechinha incompetente é motivo pra esquerda faça baderna e peça pro governo aumentar seu tamanho.

    Ainda bem que o governo já arrecadou 96 bilhões em privatizações em 2019 e já colocou o exército em alerta. O Brasil não pode cometer os mesmos erros que seus vizinhos estão cometendo.
  • Monarca  29/10/2019 19:26
    Liberal é muito frouxo, qualquer berrinho já se cagam de medo em ficarem mal vistos pela mídia e o beautiful people.

    Já imaginou se Chavéz e Maduro tivessem recuado todas as vezes que houvesse uma manifestação na Venezuela? Mas não, socialistas ao menos possuem hombridade de acreditarem nas suas ideias fracassadas até as últimas consequências.

    Piñera escolheu o pior caminho que foi abrir as pernas. Ao fazer isso, ele se manchou, manchou sua base de apoio, e manchou o sistema do país perante o mundo. Não quis "se manchar" e ficou muito mais feio. Tinha que ter decretado Estado de Sitio e matado quantos forem necessários, assim como socialistas sempre fizeram.
  • Lee Kuan Yew  30/10/2019 00:26
    Liberal é muito frouxo, qualquer berrinho já se cagam de medo em ficarem mal vistos pela mídia e o beautiful people.
    1 milhão de pessoas nas ruas, em um país com 18 milhões, é um berrinho do beautiful people e da midia; durão mesmo são os conservadores Brasileiros; que estão boicotando protestos contra o STF antes de acabar com a segunda instância, por medo do que? De a esquerda capturar os protestos e ocorrer o mesmo que ocorreu no Chile, tamanha a confiança nas bolas do bolsonaro; Afinal, o bolsonaro durão vai segurar paralização de caminhoneiros com medidas não populistas como segurar preços de combustiveis
    g1.globo.com/economia/noticia/2019/04/11/bolsonaro-determina-e-petrobras-desiste-de-aumento-do-preco-do-diesel-nas-refinarias.ghtml

    Já imaginou se Chavéz e Maduro tivessem recuado todas as vezes que houvesse uma manifestação na Venezuela? Mas não, socialistas ao menos possuem hombridade de acreditarem nas suas ideias fracassadas até as últimas consequências.

    De fato, é preciso ser muito macho para não recuar, tendo um exercito paraestatal para mandar para vala quem discorda e sendo uma ditadura

    www.diarioonline.com.br/noticias/mundo-noticias/noticia-577959-exercito-de-maduro-mata-2-e-fere-opositores-na-fronteira-com-o-brasil.html


    Essa direita burra deveria fazer o mesmo para mostrar sua testosterona; As sanções internacionais não resultariam em nada;

    Piñera escolheu o pior caminho que foi abrir as pernas. Ao fazer isso, ele se manchou, manchou sua base de apoio, e manchou o sistema do país perante o mundo. Não quis "se manchar" e ficou muito mais feio. Tinha que ter decretado Estado de Sitio e matado quantos forem necessários, assim como socialistas sempre fizeram.

    Sobre uma cultura socialista, é dificil manter uma economia de mercado. Isso é um principio conservador, lembra? O chile é o que é hoje porque o sistema politico e economico foi desenhado sobre uma ditadura, a de pinochet, e a constituição coloca limites ao estado;

    Mas o que ocorre com leis em cima de um vacuo cultural e estadista?

    A resposta está no chile ; Ademais, somente quem não conhece história acredita nessa coisa de democracia e estado limitado;
    Com uma riqueza em aumento constante, e a capacidade da maioria impor sua agenda sobre a minoria (51% x 49%) o resultado é o aumento do estado; o estado minimo leva ao estado máximo

    Recomendo ir lacrar em cima de liberais de facebook que acreditam em banco central e tarifas de importação (acho que esse é o Trump, mas enfim)
  • Skeptic  02/11/2019 18:34
    Piñera liberal? Quê?

    Direita não é o mesmo que liberal e político liberal é um oximoro com raríssimas exceções históricas.
  • Neto  03/11/2019 04:04
    Vai querer também aderir à desculpa de que a Venezuela não é socialista porque tem propriedade privada?

    Uma coisa é o cara ser liberal, outra é ele conseguir fazer alguma coisa. Macri e Piñera são liberais e não conseguiram fazer nada porque acreditaram no sacrossanto estado democrático de direito. Ficaram com medo de não parecerem malvadões demais como Pinochet, Fujimori, Uribe e cederam tudo o que socialistas queriam. Esquerdista se trata com frieza e pulso firme, não dando o que eles querem. Parasita nunca está satisfeito e deve ser fisicamente removido.
  • André de Lima  07/11/2019 17:42
    Concordo plenamente! Não se elimina praga de uma lavoura sem exterminar. Esquerdista é uma praga, é um parasita e deve ser removido do hospedeiro.
    Eu acredito piamente que a democracia chegou ao seu limite, foi uma ideia nova que teve seu auge, seus dias de glória mas que ficou exaurida. Governo tem de ser com pulso firme! O próprio Bolsonaro mesmo não devia ter medo de ser visto como um "ditador". Como eu queria um Pinochet por aqui!!! ORDEM ser humano precisa de ordem e limites. Que mandem "ditadores" como o de Singapura pra cá. Bolsonaro não pode ter medo dessa corja. Quem tem medo de AI 5 são criminosos e parasitas.
    Eu não acredito na democracia, modelo de governo falido!!!
  • O povo gado de cada dia  30/10/2019 00:40
    Olhem só que artigo interessante sobre o Chile, lá dos idos do ano 2014...

    brasil.elpais.com/brasil/2014/05/14/opinion/1400025795_972749.html
  • anônimo  30/10/2019 01:31
    A inveja é um dos, senão o principal, motivo dos protestos no Chile.
    O país tem a melhor economia da América Latina, com a maioria tendo dinheiro suficiente paras as coisas básicas, mas o pessoal de Esquerda implantou em suas mentes que todos devem ter o "direito" à aposentadoria, salários mínimos altos, passagens gratuitas, acesso a universidade.
    O que os motivou não foi a condição social econômica, mas sim a inveja de querer ter tudo o que o rico tem.
  • Neto  01/11/2019 09:13
    Bolsonaro pode ter um histórico estatista, mas Piñera foi o verdadeiro frouxo que cedeu tudo o que socialistas queriam. Exonerou ministros, aumentou salário mínimo e benefícios sociais, elevou imposto de renda sobre ricos em 40% (uma insanidade no caso chileno). O cara vai perder parte da base eleitoral tudo por medo de ser visto como um novo Pinochet.

    Ser moderado é o pior erro que se pode cometer contra esquerdistas, pois eles perceberão seu medo e irão exigir cada vez mais coisas. Qualquer outro país latino teria decretado estado de emergência e só diminuído o preço das passagens que as manifestações cessariam.
  • Simon  01/11/2019 13:05
    Tibieza e temor de ser visto como "radical" pelas esquerdas é a pior fraqueza que um político pode ter hoje em dia. Quanto mais o cara treme e cede perante a esquerda, mais ele apanha e mais rapidamente cai. Moderadinhos e elegantezinhos que respeitam a "liturgia do cargo" são os favoritos da esquerda, pois são derrubados com um espirro.

    Falem o que quiser da família Bolsonaro, mas ao menos eles não são frouxos que borram de medo da esquerda. Como consequência, a esquerda os teme – exatamente como tem que ser.

    Procurem no histórico recente da América Latina e verão que o único político que a esquerda realmente temia era Álvaro Uribe. Consequência: seu grupo está até hoje no comando da Colômbia (desde 2002). É assim que se faz.
  • Áncash  01/11/2019 13:43
    Alvaro Uribe es un flojo diante de Alberto Fujimori que realmente fue el hombre más temido por la izquierda latino americana.
  • anônimo  02/11/2019 09:20
    O pior é que depois de feito, dificilmente voltará atrás. É muito fácil o estado criar direitos e impostos, mas para revogá-los é demorado e possivelmente não ocorrerá. Piñera parece que não entende como funciona a anatomia do estado.

    O cara está jogando no lixo todas as bases criadas por Pinochet para a prosperidade chilena só por medinho de ser mal falado pela escória latina. Um líder sério decretava Estado de Sitio e aí eu queria ver quem realmente estava a fim de protestar destruindo o país.

    A real é que os protestos chilenos nada mais são do que a essência latina em ação: imediatismo e inveja. Se existe um povo latino que não havia motivos pra protestar na região era justamente o chileno. A riqueza mima as pessoas.
  • Voltaire  12/11/2019 13:05
    Bolsonaro volta atrás em muitos assuntos sem ninguém nas ruas, imagine milhões protestando? Bolsominions parecem que não raciocinam!
  • Joaquin Teixeira  03/11/2019 16:13
    Toda vez que a esquerda perde uma eleição ela quer destruir o país. E toda vez que ela ganha uma eleição, ela destrói.
  • anônimo  12/11/2019 04:58
    Retiro o que disse sobre o que disse sobre Macri mais acima. Macri foi ingênuo em acreditar no establishment, mas ele pegou a situação fora de controle e não conseguiu fazer quase nada. Já Piñera pegou as coisas controladas e deixou tudo sair de controle. Nunca vi um presidente tão frouxo quanto ele. Deixou acabarem com o único país liberal desse continente.

    g1.globo.com/mundo/noticia/2019/11/11/camara-do-chile-aprova-convocacao-de-plebiscito-para-nova-constituicao.ghtml

    Em exatos 30 anos, algum jovem curioso do Chile vai resolver ver como era o pesadelo autoritário durante a Constituição de Pinochet de que tanto os seus professores, jovens que lutaram pela democracia e pelos direitos sociais em 2019 falam.
    Deve se indagar: "Bom, as coisas não parecem tão autocráticas assim, mas então os indicadores deveriam mostrar uma gritante pobreza no país e desigualdade social gritante, níveis da África subsaariana. Bom, na verdade tinha todos os melhores indicadores da América Latina. Epa, pera aí, o que que é esse gráfico em comparação com o Brasil? Que loucura, o Chile na época ditatorial e totalitária ultrapassou o Brasil em todos os indicadores relevantes para ser ultrapassado durante a década de 20… O que será que aconteceu? Será que o nosso irmão latino-americano teve ainda mais direitos sociais do que a gente? Rapaz, que coisa, acho que devemos pedir por mais direitos, quem sabe assim conseguiremos diminuir nossa Inflação de mais de 100% ao ano, que tivemos por causa desses rentistas filhos da puta do FMI."
    Descanse em paz, doce príncipe, você foi um país promissor.
  • Adelir  15/11/2019 19:50
    Eu não acredito que mais de um milhão e duzentas mil pessoas estejam erradas e só os economistas do estado minimo certos . Quem vive lá, são eles, o custo de vida deles e mais alto. Se o estado, não existe para o cidadão, então não há motivo de existir . Essa tecnologia do vire-se, o mercado vai regular tudo, não deu certo, Quando a bolha imobiliária estorou nos Estados Unidos, quem veio socorrer foi o Estado.
  • Lopez  16/11/2019 01:42
    "Eu não acredito que mais de um milhão e duzentas mil pessoas estejam erradas e só os economistas do estado minimo certos."

    Os vários milhões de venezuelanos que votaram em Hugo Chávez e Nicolás Maduro estavam certos ou errados? Responda sem titubear.

    Outra coisa: veja os recentes vídeos das manifestações no YouTube e no Twitter. Você só vê ali adolescentes de classe média alta (fácil de ser constatado pelas roupas deles) fazendo baderna (ou seja, se divertindo) com a certeza da impunidade. Pra eles, é tudo farra. São idênticos aos black blocks. Não tem nada de exigência econômica ali. É só o prazer da baderna.

    Aliás, se as demandas são por maior previdência e menos desigualdades, era para as ruas estarem lotadas de pobres e aposentados. Mas você não encontra absolutamente nenhum nas badernas. Como você explica isso?

    "Quem vive lá, são eles, o custo de vida deles e mais alto."

    Baseado em quê você fala isso? A frase acima se encaixa para várias cidades de qualquer lugar do mundo. Tanto no Brasil quanto na Europa e nos EUA. Vá morar em Paris (berço da social-democracia) e veja se você consegue viver barato lá. Por que você jura que o Chile é o único país do mundo que é assim?

    "Se o estado, não existe para o cidadão, então não há motivo de existir."

    Opa, tá começando a entender o básico.

    "Essa tecnologia do vire-se, o mercado vai regular tudo, não deu certo"

    Tecnologia? Aliás, como você constatou que tal "tecnologia" falhou? Sua prova são adolescentes fazendo baderna e destruindo tudo? Se é assim, então como você explica a Bolívia? Complicado, hein?

    "Quando a bolha imobiliária estorou nos Estados Unidos, quem veio socorrer foi o Estado."

    Parcialmente correto. Sim, o estado veio socorrer. E sabe quem ele veio socorrer? Exato, seus amigos banqueiros. Estes, sim, foram salvos. Acorde para o mundo.

    Alguns detalhes pouco conhecidos da crise financeira de 2008

    Como ocorreu a crise financeira americana
  • Antonio Paulo  27/11/2019 11:05
    Bom!
  • Emerson Luis  04/12/2019 12:20

    Como a antiga estratégia de dizer que o capitalismo gera pobreza e que o socialismo traz prosperidade foi refutada pela própria realidade, agora a esquerda:

    (1) Enfatiza a desigualdade material/relativa para estimular o ressentimento
    "Minha situação melhorou, mas a situação do Fulano é melhor do que a minha"

    (2) Usa a Falácia do Nirvana
    Compara a realidade atual com uma utopia e nessa base condena o capitalismo e apresenta o socialismo repaginado como solução.

    * * *
  • Elias  17/01/2020 19:21
    Olá! Neste ano haverá plebiscito no Chile sobre a nova Constituição chilena, e gostaria de saber qual será o impacto dessa nova constituição (que ainda será votada) na economia do Chile. Fico pensando se a nova constituição vai manter a estrutura liberal da economia chilena, ou transformará em uma constituição como a nossa, cheio de garantias sociais e uma intervenção estatal maior. Sei que ainda é cedo, mas gostaria que o Mises Brasil fizesse essa análise. Obrigado!
  • Gabriel  26/10/2020 12:30
    Com nenhuma surpresa, afinal é da América Latina que estamos falando, o populismo venceu. A "assembleia constituinte" foi aprovada.

    Vem aí mais uma "constituição cidadã", cheias de "direitos". Assim especialistas que reclamam da "desigualdade" chilena podem encher a boca e dizer: "temos que resolver isso, está na constituição!".

    Os chilenos irão aprender que um pedaço de papel escrito não enriquece ninguém, porém pode acabar com tudo que conquistaram. Uma pena, outrora um país invejado por seus pares latinos, no futuro muito próximo, será apenas mais uma república bananeira.
  • Lel  26/10/2020 17:45
    E não podemos deixar de parabenizar o Piñera. O político cagão que tinha a faca e o queijo na mão, e mesmo assim não conseguiu sequer esboçar uma reação com medo da mídia e opinião dominante.
    Afinal, é típico de líderes frouxos que não conseguem propor alternativas próprias.

    O Chile é o país mais rico e o 2° país menos desigual da América do Sul. Enquanto isso, os protestantes e opositores eram simpatizantes do país que 15% da população já foi embora e 93% da população está abaixo da linha da pobreza. E NADA do frouxo sequer citar esse tipo de dado amplamente repetido pela própria mídia esquerdista.

    Os protestos no Chile até tinham algum apoio popular no início, especialmente por causa da impressa. Mas em 2020, acabou completamente. Não apenas estavam esvaziados, como todos já haviam percebido o que de fato os vândalos queriam.

    Era só ter continuado na mesma marolinha, que acabaria com vitória da liberdade. Mas não, a frouxidão falou mais alto. A incapacidade de reagir temendo a opinião midiática impediu de propor uma solução própria e mais simples.
  • Felipe  26/10/2020 18:46
    Talvez se fosse alguém como o Bolsonaro no Chile, as coisas fossem diferentes.
  • Revoltado  21/05/2021 17:50
    Talvez?

    Com toda certeza que seria diferente, sim!

    Nos aqui não temos tido presidente com mais culhões que o Mito até hoje! Fora ele, estamos rodeados quase só de sojados. Eis por quê o Chile (agora) e a Argentina (há tempos) se encontram em estado convulsivo permanente! Quem se propôs a ser mais conservador/liberal não o fez suficientemente, cortando na carne com austeridades e preocupou-se em puxar o saco escrotal dos ávidos por "mais direitos".
    Não à toa dentro do Brasil e fora dele, batem no presidente Bolsonaro. Com todos os defeitos, ainda é de longe o melhor que temos!
  • Imperion  26/10/2020 18:42
    Agora é ver quem serão o delegados dessa assembleia, se vai ser o povo a escolher ou vai por via chavista, num conchavo, com maioria esquerdista, já com cartas marcadas pra só aprovar pautas esquerdistas.

    Mas uma coisa é certa: demora anos pra saquear as pessoas. O Chile não vai cair em alguns meses, como a Venezuela ou Argentina. Eles ainda vão ter que preparar o terreno para o saque.

    É esperar pra ver. Na Venezuela deram mais poder aos conselhos (sovietes), pra haver mais controle da vida das pessoas. E foi só quando elas estavam controladas que o estado não teve oposição à tomada das rendas e propriedades dos produtivos.
  • Bluepil  18/05/2021 21:15
    Á bomba já foi plantada no Chile, pois á esquerda já está no controle e ganhou carta branca para fazer o quê quiser, agora só resta aguardar qual será á fórmula dessa bomba (Nova constituição), e seus efeitos no longo prazo.

    Mas qual serão suas apostas? Será que vai ser o início de um novo sistema sanguessuga, que irá sugar toda á riqueza do país e impedr o crescimento econômico genuíno, para assim bancar um monte de parasitas públicos, igual aconteceu no Brasil, ou será que irão criar outro típico planejamento comunista, que é estatizar um monte de empresas e criar um monte de novos benefícios públicos até o déficit estar nas alturas?
  • ze das couves  18/05/2021 22:23
    a maioria imbecil decide, todos sofrem...
  • O Chile deu certo?  18/05/2021 23:15
    A esquerda que tomou a constituinte é democrata ou socialista total? Porque se for a primeira opção será Brasil se for a segunda será Venezuela.

    A primeira levará tempo para dar estrago, ganharão eleições seguidas como o PT ganhou aqui, depois a conta chega e será uma país de crescimento mediocre como o nosso, será uma prisão do atraso e terá decadas perdidas como nós.

    A segunda, em 5 anos virará Argentina e em mais 5, Venezuela.

  • Stalin  21/05/2021 00:13
    Uma mistura mais moderada, mas a parte radical está com sangue nos olhos. Se a parte moderada ser igual a Michelle, a radical vai fazer os mesmos protestos violentos até conseguir o que quer. Os militares tinham que ter agido no começo.

    Aliás, você levantou um ponto interessante. Será que as eleições já não estavam com as cartas marcadas? Porque a coisa foi tão sincronizada que foi muito estranho.

    Elegeram um direitista pra presidência, mas saíram nas ruas pra reformar a constituição direitista apenas 1 ano depois? Não faz sentido.
  • Bachalet  18/05/2021 23:16
    Pessoal, foi a Bachalet que começou com a bomba? Porque ela assumiu já quando o chile tinha caido 1% no seu crescimento do ano, acho que o problema já vinha de antes....
    Alguém pode me conta detalhes da time line, porque vejo que o caso dela não foi igual o PT aqui que assumiu em bons tempos e saiu entregando um inferno
  • Alex  19/05/2021 00:09
    Sim, foi ela a responsável pela destruição. E foi tudo narrado ao vivo aqui neste site:

    www.mises.org.br/article/1924/como-michelle-bachelet-pretende-destruir-as-bases-institucionais-do-chile

    www.mises.org.br/article/2425/embora-com-bem-menos-intensidade-o-populismo-comeca-a-mostrar-suas-consequencias-no-chile

    Na América Latina, nenhum governo de esquerda passa sem deixar em seu rastro uma profunda destruição econômica
  • Bachalet  19/05/2021 00:18
    Alex, mas o Chile já estava ruim antes dela, digo, começou antes dela.
    Segundo o instituto e os dados apresentados, 2013 já foi ano de queda.
    Inflação aumentou pouco, já era na casa dos 3%
    Desemprego se manteve praticamente igual na média.

    O que ela fez então que destruiu tudo?
    Parece que estamos falando do PT no Brasil, como eu falei, entrou com a casa arrumada e saiu deixando bagunça.
  • Bluepil  19/05/2021 11:48
    Não entendi muito bem seu ponto, o Pib de Chile de 2013 cresceu 4,1% em 2013, e a inflação subiu 2,84% em 2013, nada excepcional.

    Às quedas no Pib do governo Bachalet se devem em boa parte às quedas nas expectativas sobre o governo dela, felizmente, muito de suas reformas acabaram sendo barradas parcialmente, e muito disso se deve aos movimentos estudantis de lá, que diziam às reformas da Michelle ainda não eram extremistas o suficiente.

    Os esquerdistas, atualmente estão tentando devorar esse país, porém ainda não se decidiram se devoram tudo ou se comem gradualmente com o tempo, á nova constituição irá botar toda á esquerda em uma só direção.
  • Bachalet  19/05/2021 21:29
    2012 cresceu 5 e 2013 cresceu 4, caiu 1% de um ano pro outro. Ja era uma queda que viria a frente, como relacionar isso com ela?
  • Sebastião  20/05/2021 00:31
    Bachelet assumiu em março de 2014 e ficou até março de 2018. Seu período de governo foi forte desaceleração da economia. Fatos, e não achismos.

    d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/charts/chile-gdp-growth-annual.png?s=clgdpnapct&v=202105192315V20200908&d1=20091220&d2=20191220&type=column
  • Bolsonaro 2022  19/05/2021 05:43
    Já pararam pra pensar que não podemos reclamar do Boonaro? Literalmente o cara com maior culhões na America Latina, cheguei a conclusão que isso é essencial pra ter um presida, ter culhões e aguentar pressão. Não esses betas cheio de soja que nascem hoje em dia pós 2000

    Quem diria, O Brasil sendo a ultima resistência ocidental, mas calma, a onda chilena virá pra ka, assim como em 1973 no Chile com carteirinha da URSS. Só que nessa época tentaram aqui em 1964 e foram pro Chile em 1973, geograficamente dois países chaves para adentrar no ocidente com o comunismo soviético

    Iae o que pensam?
  • Emerson  19/05/2021 14:00
    Tempos sombrios pela frente. Aproveite Bear Market do BTC que se aproxima pra defender seu patrimônio.
  • Lucas  19/05/2021 14:55
    O problema é que Bolsonaro faz muita merda nível esquerdista
  • Lucas  19/05/2021 14:56
    R.I.P Chile
  • anônimo  19/05/2021 23:46
    Já pararam pra pensar que não podemos reclamar do Bolsonaro?

    Eu nunca reclamei. Em 2018, eu estava decidido em votar no Amoedo no primeiro turno, mas com toda a lacração da esquerda na época, mudei de ideia e fui de Bolsonaro. É o único que se contrapõe integralmente ao discurso progressista e não faz nenhuma concessão. Dane-se se ele faz outras merdas, o importante é haver uma voz contra tudo isso. Ele, como presidente da República, não tem como ser "cancelado" ou boicotado. E cada vez que a esquerda reclama do discurso dele, acaba promovendo. Enquanto ele for o único candidato "anti-progressista", continuarei votando nele!

    Aliás, outro que também batia forte nos progressistas era o então ministro da educação Abraham Weintraub. Sem resposta, só restava à esquerda apontar os erros de português que ele cometia em suas postagens no Twitter. Em minha opinião, foi o melhor ministro da educação que este país já teve. "Credo, mas ele não fez nada", poderá argumentar alguém. Mas é justamente por isso que ele foi o melhor! Ministério da educação não deveria sequer existir e, além de não criar nada, ele fez o enorme favor de promover um desmonte naquela coisa. Pena que "foi saído" de lá antes de completar o serviço, mas valeu a iniciativa, hahaha!
  • Vladimir  20/05/2021 00:33
    Concordo com cada vírgula que você escreveu. Eu mesmo quase — quase! — votei em Amoedo no primeiro turno. Mas depois que vi que era um terno vazio, pulei fora. Aí namorei Meirelles. Mas a gota d'água foi quando ele disse que imporia uma lei para equiparar salários de homens e mulheres (demonstrando um bizarro desconhecimento das mais básicas leis econômicas).

    Acabei indo de Bolsonaro por todos esses motivos que você citou, e por também ser o único que não se curvava para o politicamente correto, que em minha visão é hoje a maior ameaça para o mundo (da inflação você se protege; do politicamente correto e da cadeia para aqueles que não se enquadram, não).

    Arrependimento zero.

    Aliás, a situação é tão bizarra, que hoje, no atual cenário político brasileiro, ele é o que tem de melhor (inclusive em termos de defesa da economia de mercado). Disparado.

    Como nem tudo é perfeito, seu Banco Central é uma merda. Tivesse um melhorzinho, o cara seria completamente imbatível nas eleições.
  • Jeferson Vasquez  20/05/2021 19:37
    Esse Weintraub apareceu logo depois daquele massacre de Suzano-SP em 2019 quando o ministro da educação ainda era o colombiano Ricardo Velez!!!!!!!!!!
  • Bolsodilma ciroguedes  19/05/2021 15:31
    Essas coisas crescerão até o ponto em que a reação dos produtivos não deixarem. Chegará um novo ponto de equilíbrio entre as forças. A esquerda não tá nem aí se o pais decrescer. O que eles querem é a riqueza criada pelos produtivos.

    Em suma, dependerá de quanto os produtivos conseguirem fazer a sua organização pra barrar os esquerdistas. O Chile quase já era um país de primeiro mundo. Portanto, o número de produtivos no país é alto. O que não se sabe é o quanto eles são esclarecidos ou se vão comprar a ideologia da esquerda.
  • Gabriel  19/05/2021 17:33
    Não sei se os produtivos terão alguma chance de ao menos barrar a aprovação dessa nova constituinte. Santiago elegeu uma comunista como prefeita e Daniel Jadue, outro comunista, recebeu uma vitória expressiva e é cotado como candidato a presidente do Chile.

    A frouxidão do Sebastián Piñera é assustadora. Como um presidente de "direita" se senta à mesa para negociar uma constituinte com pessoas que estavam queimado igrejas e saqueando supermercados? E não é uma reforma constitucional, é uma constituinte do zero. Nunca vi tamanha burrice.

    P.S.: A prefeita comunista de Santiago quer congelar preços da cesta básica na capital. Querem enterrar o legado Pinochet enterrando o país no processo. Que se lasquem.
  • Stalin  19/05/2021 17:48
    O Chile ACABOU. E os resultados aparecerão rápido, diferente de outras experiências parecidas, graças à pandemia.

    Se o Brasil fizer o Básico, consegue sugar todos investimentos do Chile em 1 ou 2 anos.
  • Bluepil  19/05/2021 20:30
    Não acho que os investidores do Chile irão ser bestas o suficiente para vir para cá. É melhor investir em um futuro Brasil do quê no próprio Brasil.
  • Felipe  20/05/2021 01:41
    Por que chegou a esse ponto o Chile?

    Eu vi esse vídeo sobre, mas eu ainda tenho muitas dúvidas.

    Tem um rapaz que é amigo do Kogos e sabia muito do Chile e certamente explicaria, não sei o nome dele, infelizmente. Talvez alguém do El American possa explicar sobre.
  • Bluepil  20/05/2021 04:00
    Ora Felipe, se você quer descobrir á razão de Chile ter ido por esse caminho, então deveria tentar descobrir á razão do porque á social-democracia ser tão popular atualmente no mundo. Se descobrir isso, é provavel quê consiga adaptar esse motivo geral ao caso Chileno.

    Existem diversas teorias, que vão desde motivos incorporados á natureza humana, até o de quê esquerdistas são formados majoritamente por psicopatas e sociopatas capazes de facilmente manipular às pessoas, para então poder viver sob o dinheiro espoliado dos outros sem precisar trabalhar.
  • Bolsodilma ciroguedes  20/05/2021 13:25
    Um país é feito pelo seu povo. E este tá elegendo esquerdistas. Estes, por sua vez, tão abrindo as portas pra baderna. Pinochet fez tudo certo, menos educar a população para o que é o certo.
  • Bluepil  20/05/2021 14:22
    Bem, na minha opinião pessoal, á maior parte dá escrenca está nas escolas e faculdades, que não são nada mais do que formadoras de jovens analfabetos revolucionários de esquerda, que não sabem raciocinar.por si mesmos e só ficam cuspindo frases de efeito que aprenderam nas redes sociais, já que é o Estado que escolhe quem serão os professores públicos e qual será os currículos das escola do país, nada mais natural.
  • anônimo  20/05/2021 17:01
    Pinochet poderia ter feito tudo certo e ainda assim dar tudo errado. A tendência natural do Estado é acontecer exatamente o que aconteceu.
  • Medo do progressismo  20/05/2021 06:54
    Quais as previsões e apostas de vocês para o Brasil e a América Látina?
    O ocidente será esquerdista de vez?

    Como iremos segurar no Brasil essa enxurrada de progressismo no Ocidente?
    Só o Bolsonaro vai segurar essa ponta, eai o que será de nóss?
  • Joao Paulo  20/05/2021 20:40
    Ao meu ver, acredito que Bolsonaro ganha novamente em 2022. Contudo, como a esquerda não aceita perder eleição, eles vão tentar de tudo para "impichá-lo", seja por STF, seja pelo Congresso. Bombardeios da mídia mainstream continuarão diariamente é claro.

    No final das contas, alguém de centro-esquerda deve ganhar em 2026. Dificilmente a América Latina ficará livre da esquerda. Ela é muito forte aqui no nosso continente e, agora, para complicar ainda mais, a América país (chamada de Estados Unidos) tem um esquerdopata na presidência.

    Bom, não sei vocês, mas eu estou um pouco pessimista com o futuro por aqui. A menos é claro que os movimentos liberais e libertários ganhem força, com vários grupos, várias lideranças divulgando ideias...
  • Revoltado  21/05/2021 17:45
    Ao meu ver, acredito que Bolsonaro ganha novamente em 2022. Contudo, como a esquerda não aceita perder eleição, eles vão tentar de tudo para "impichá-lo", seja por STF, seja pelo Congresso. Bombardeios da mídia mainstream continuarão diariamente é claro.

    ====Deus queira que tua previsão esteja certa, pois o tal Datafolha já se esmera em alçar o cachaceiro semi-analfabeto coimo favorito nessas pesquisas mequetrefes!

    No final das contas, alguém de centro-esquerda deve ganhar em 2026. Dificilmente a América Latina ficará livre da esquerda. Ela é muito forte aqui no nosso continente e, agora, para complicar ainda mais, a América país (chamada de Estados Unidos) tem um esquerdopata na presidência.

    ====Pois é! Nem os EUA se vêem livres de tal situação, que esperança pode-se ter com a "América Latrina"? A coisa na América do Norte só não está pior, pois é ainda o senil que passeia pelo Salão Oval. È só a Kamala Harris assumir este cargo e a grande tribulação tem seu cenário pronto.

    Bom, não sei vocês, mas eu estou um pouco pessimista com o futuro por aqui. A menos é claro que os movimentos liberais e libertários ganhem força, com vários grupos, várias lideranças divulgando ideias...

    ====Que todos (inclusive este blog) consigam fortificar-se até lá. Como escrevi dias atrás, temos de fazer preces para sermos assombrados pelo fantasma portenho, para que o venezuelano não cause mais estragos em nossos pesadelos do que Freddy Krueger faria.
  • Luan  21/05/2021 00:17
    Antes de pensar em reeleição, Bolsonaro precisa arranjar um partido.

    Vale lembrar que Bolsonaro está sem partido e que a legislação determina que é necessário estar filiado a um partido para disputar uma eleição. Seu próprio partido, o Aliança, não sairá do papel a tempo das próximas eleições. Portanto, só lhe restou buscar algum outro partido para se filiar, a fim de atender essa exigência. E aí é que mora o "perigo". Existe uma maneira de tornar Bolsonaro "inelegível": basta que nenhum partido aceite sua filiação!
  • Sadib  21/05/2021 14:07
    Para não soar repetitivo, fiz minhas 'previsões' a alguns meses aqui.
  • Ciro gomes acertou?  20/05/2021 07:07
    Ciro acertou a previsão? Olhem só:


    youtu.be/7_H8CU9wt9M


    *Sou apenas um estudante e queria saber se a constatação dele esta certa, pelos motivos e causalidades certos e a solução que ele propoe se esta certa
  • Trader  20/05/2021 13:07
    Não entendi seu espanto. Ele simplesmente repetiu, com vários meses de atraso, os mesmíssimos argumentos que já haviam sido apresentados por este Instituto, e ainda antes da pandemia: a desvalorização do câmbio, consequência direta da política monetária ultra-expansionista do Banco Central (que Ciro defende; daí sua incoerência), iria gerar um forte aumento de custos e de preços.

    Este Instituto passou o segundo semestre de 2019 e todo o ano de 2020 falando disso.

    Ciro apenas chegou atrasado para fazer uma constatação óbvia (e, repito, incoerente, pois ele fez sua carreira política defendendo Selic zero e câmbio desvalorizado; agora está reclamando das consequências desse arranjo que sempre defendeu).

    Dito isso, ele errou feio a outra previsão: ele disse que, se o país voltasse a crescer, as contas externas iriam ficar completamente desarrumadas. Não só isso não aconteceu, como, ao contrário, a balança comercial bateu recorde de superávit (com a economia crescendo) e o saldo em conta-corrente (em relação ao PIB) teve o melhor ano desde 2007

    Balança comercial:

    d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/charts/brazil-balance-of-trade.png?s=bztbbalm&v=202105192315V20200908&d1=20110523&type=column

    Saldo em conta-corrente em relação ao PIB:

    d3fy651gv2fhd3.cloudfront.net/charts/brazil-current-account-to-gdp.png?s=braca2gdp&v=202105192315V20200908&d1=20070520&d2=20210520&type=column


    Ou seja, Ciro fez duas previsões: errou fragorosamente uma e acertou a outra que era extremamente óbvia. Ele está ignorando a primeira e tentando faturar em cima da segunda (como se prever aumento de preços em decorrência de desvalorização cambial exigisse profundos conhecimentos econômicos).
  • Ciro gomes acertou?  20/05/2021 18:10
    O Ciro propõe desintexar o dolar, O que acha? Obrigado pela resposta!

    Ele propoe tipo assim: Comprar trigo de nações que não vendem em dolar por exemplo. E assim diminuir a pressão nos preços devido ao cambio desvalorizado
  • Trader  20/05/2021 18:36
    Se ele realmente propôs isso (o que eu sinceramente duvido), então ele é muito mais imbecil e ignorante do que eu imaginava.

    Commodities são precificadas nos mercados internacionais. E em dólar. Mesmo que produtores e consumidores de dois países queiram transacioná-la em outra moeda, a precificação dela, obviamente, dar-se-á em dólar.

    Se a soja custa 100 dólares e o câmbio é de $5 por dólar, então o preço da soja em moeda nacional será de $500. Qualquer produtor que aceite vender por menos que esse preço será um imbecil (pois o mercado aceita pagar o equivalente a $500 pela soja). E qualquer consumidor que aceite pagar mais que $500 também será um imbecil (pois o mercado aceita vender pelo equivalente a $500 pela soja).

    Ou seja, não faz diferença nenhuma a moeda que será utilizada na transação. No final, o preço será decidido pelo dólar e, acima de tudo, pela cotação do dólar na moeda nacional. Se um brasileiro e argentino decidirem negociar em reais, a cotação da venda será dada pelo preço em dólar (convertido para reais). Qualquer outro preço fora deste significa que ou o vendedor ou o comprador são imbecis.


    P.S.: entretanto, como eu disse, eu duvido que ele realmente tenha dito essa ignorância.
  • SUS nem para o meu inimigo  20/05/2021 19:18
    reforçando o que o trader disse sobre dólar como referência e como transação ...

    na época da hiperinflação, muitas pessoas ancoraram o preço das suas propriedades em dólar.

    Obviamente, nada era transicionado em dólar aqui. Porém, quando iam fazer negócio havia duas opções:

    - trocas de propriedades (escambo) usando os preços referenciais em dólar para saber as quantidades que iam ser transacionadas
    - "convertiam" o preço da propriedade em dólar para a papel de bunda estatal, acrescido da expectativa de inflação nos dias seguintes

    Era impossível fazer cálculo econômico com a moeda estatal. Os militares destruíram o Brasil
  • Jeferson Vasquez  20/05/2021 19:43
    ''Assim que os militares saíram, o esquema começou.''

    Emilio Odebrecht.
  • Ciro gomes acertou?  20/05/2021 19:35
    Esta aqui Trader, youtu.be/5Fa-0VvEVoY
  • Trader  20/05/2021 20:14
    Esse vídeo é bizarro. Bateu recordes de falácias por minuto.

    Primeiro, ele repete a bizarrice de que o Brasil "quebrou como FHC". Não tenho simpatias pelo sociólogo, mas tenho menos ainda por mentiras. O que é "quebrar o Brasil"? Ele não define. Ninguém define.

    Depois ele afirma, corretamente, que o trigo é majoritariamente importado, e que por isso depende de câmbio. Aí, bizarramente, ele critica a liberação de importação de trigo (!!!). Ué, como assim? Se o Brasil produz pouco trigo e precisa importar, a liberação da importação seria ruim? Ele diz que isso é "prostração ideológica".

    Aí então ele fala que o câmbio se desvalorizou em 2019. Correto. Mas ignora, convenientemente, que isso aconteceu porque a Selic foi reduzida fortemente, exatamente a política que ele sempre defendeu.

    Ou seja, ela passa a vida defendendo uma determinada política, e quando ela finalmente é implantada (com as consequências perfeitamente previstas pela teoria), o sujeito xinga e diz que tá tudo errado.

    E o pior é nêgo vendo isso, aplaudindo e vendo coerência.

    Depois ele fala que houve paralisação da produção de petróleo no Brasil, no mesmo ano em que o país bateu recorde de produção.

    E aí ele termina falando de "tatu em cima do tôco". Uma conclusão bem no nível da fala.


    P.S.: como eu tinha imaginado, ele é picareta, mas não é burro. Não há nada nesse vídeo de ele defendendo transação entre dois países com moeda própria.
  • Felipe  20/05/2021 19:46
    Não tem sentido. Por enquanto o dólar americano é a moeda internacional de troca. Claro, tem a China, por exemplo, tentando negociar o petróleo em renminbi, mas ainda é pouco diante do dólar americano (acho que o Trader pode esclarecer isso da China).
  • Ricieri D' Estefani Junior  25/05/2021 14:38
    A democracia "atacou" o Chile. Não o populismo. O povo não quer mais viver sob o modelo liberal que viveram a vida toda. Não funcionou para eles, e querem algo diferente.
  • Vladimir  25/05/2021 14:59
    Involuntariamente, você está certo. Sim, e é isso mesmo. Democracia nada mais é do que o governo da turba (mob rule).

    Um dos países em que a democracia foi exercida no seu sentido mais pleno é a Venezuela. Aloizio Mercadante estava corretíssimo quando disse que "Na Venezuela, há democracia até em excesso". Claro! Lá, bastou a pequena maioria demandar, e o governo fez. Confiscos de renda, expropriação de terra, congelamento de preços e censura. Tudo democraticamente exigido pela pequena maioria da população e prontamente acatado pelo governo. Elas mandaram, o governo obedeceu. E a minoria se estrepou (e saiu do país). Democracia em sua plenitude.

    Quanto mais democracia, mais arbitrário o estado — o que não quer dizer que na ditadura ocorra o oposto. Onde há estado, há arbitrariedade — varia apenas o grau de explicitude com que a espoliação é feita.

    Na democracia genuína, a turba exige e o governo fornece. Se a maioria da turba exigir confisco de propriedade, o governo concederá. Se a maioria exigir redistribuição de renda, o governo fará. Democraticamente.

    A democracia — em seu sentido pleno — é a grande inimiga da propriedade privada.

    Respeito à propriedade privada é algo absolutamente impossível de ocorrer onde quer que haja democracia, pois a democracia depende exclusivamente do assalto à propriedade privada para existir. É impossível existir democracia sem esbulho da propriedade privada.

    Não é à tão que os pais fundadores dos EUA desprezavam o conceito de democracia. A Declaração de Independência americana não cita o termo 'democracia' nem sequer uma única vez.

    Por isso mesmo, o Chile ficará mais parecido com Argentina e Venezuela. E, quando isso acontecer, pessoas como você fingirão que não têm nada a ver com o ocorrido e que "aquilo que foi feito não é o que defendíamos".


    P.S.: se o modelo que alçou o Chile ao maior IDH e à maior renda per capita da América Latina "não funcionou para eles", qual você sugere?
  • Pinochet  07/07/2021 22:56
    Piñera será o jênio responsável por deixarem destruir o país mais rico da América Latina.

    Confiou em acordos com seus inimigos mortais pra tentar parar protestos violentos claramente organizados por eles mesmos. Confiou em eleições fajutas que mais elegeu comunistas na história do país, exatamente antes da Constituinte (que coincidência, não?). Não contente, ainda confiou em suas alianças esquerdistas pra tentar barrar uma constituição soviética.

    Foi traído em tudo porque é fraco. Poderia ter acionado o exército sob as mais diferentes justificativas legais, mas preferiu o joguinho de cartas marcadas da esquerda porque é covarde.

    E anotem o que digo: a destruição chilena será mais rápida do que imaginamos. Diferente do Brasil e Argentina, o único atrativo naquele país é sua liberdade econômica. Com as finanças cada vez mais digitalizadas + a situação destruidora da pandemia, Peru e Chile estão acabados. Se o Brasil conseguisse aproveitar só um pouco da situação, sugaria vários investidores desses países.

    Só espero que a Colômbia não vá pelo mesmo caminho. Mas lá, por conta das FARC, os direitistas estão muito mais vacinados sobre como socialistas jogam sujo.

  • Gabriel  19/12/2021 23:23
    Que dia triste para a América Latina. O dia de hoje, com a eleição de um extremista de esquerda no único país que prestava na região, é a prova que esse continente não tem a menor chance de dar certo.

    O sujeito tem o discurso de "enterrar o neoliberalismo na América Latina" em 2021...

    Quem acha que isso irá dar certo? É assustadora a burrice dos latino-americanos...
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  20/12/2021 09:15
    América latina há mais de cem anos é assombrada pela mesma trupe de fantasmas: Perón, Vargas, Bolívar, Chávez, Zapata, Sandino...
  • Felipe  19/12/2021 23:49
    É a primeira vez que vejo um político que perde no primeiro turno, no segundo turno, ganha.

    Nos próximos dias deveremos ver uma fuga para o dólar, pressionando mais o DXY. Vamos ver se o Boric vai adotar mais pragmatismo (algo mais próximo ao AMLO, que é conservador fiscal mas com uma retórica anti-mercado) ou algo pior.

    A boa notícia é que pode haver alguma oposição no congresso, com vários políticos eleitos de partidos não-esquerdistas.

    Eu sinceramente não tenho muita fé em políticos não, mas é melhor do que nada.
  • imperion turbo nuclear quantico com equio  20/12/2021 00:29
    se nem o Chile que parecia imune a sanha esquerdista escapou, o que será de nós.
    a meu ver o erro do gov chileno foi não ter investido em educação econômica. o povo mesmo crescendo no capitalismo acredita que vai ser mais vantajoso as medidas esquerdistas .
  • Robson Santos  20/12/2021 14:49
    É como a matéria frisa: o potencial de riquezas a serem pilhadas. Quanto maior a produção de riqueza, maior a sanha. A América Latina pelo visto estará sempre sobre maior ataque, porque aqui a produção de pobreza intelectual sempre é maior.
  • Argentina ou Brasil  20/12/2021 01:13
    Vamos falar sobre AL, o Chile tem tudo pra virar a Argentina ou na melhor das hipoteses, o Brasil? Realmente? Ou o cara é que nem o presidente do México que é comunista no gogo mas faz austeridade com a mão?

    Colombia o ano que vem tem narco traficante como candidato, ai meu filho, é as FARC pintando a AL de vermelho.

    E quem esta pior economicamente, do ponto de vista de se recuperar e solidez futura, Argentina ou o Brasil?
    Seriamos o ultimo bastião da AL ou ate mesmo, do ocidente?

    Estão otimistas ou não?
  • Vladimir  20/12/2021 01:50
    Venezuela: "Não seremos Cuba!"

    Argentina: "Não seremos a Venezuela!"

    Chile: "Não seremos a Argentina!"

    No Peru, o comuna recém-eleito tá com desaprovação recorde e, felizmente para o povo, não governa.

    A Colômbia segue se segurando.

    O México, ao contrário do que se propagandeia, é a imobilidade de sempre. Não há a mais mínima diferença prática entre seus últimos presidentes (o que, em termos de América Latina, não é de todo ruim).

    Equador, Bolívia e Paraguai são insignificantes.

    A grande incógnita será o Brasil. No segundo semestre de 2019, durante todo o ano de 2020 e durante o primeiro semestre de 2021, o Banco Central ultra-keynesiano fez de tudo para ressuscitar Lula. Trabalho profissional.
  • Felipe  20/12/2021 03:03
    Eu vou dar palpites, mas eu não tenho a mínima qualificação para análises.

    Venezuela só terá conserto quando os chavistas não estiverem mais no poder.

    Argentina está com um problema parecido ao do Peru. Os peronistas já sofreram uma pancada nas eleições desse ano. Por enquanto lá ainda é possível reverter por via democrática. O Peru provavelmente deverá ter o quinto presidente em 5 anos.

    Bolívia não deve mudar muito em relação ao Morales. O presidente foi ministro dele e pelo jeito está mais preocupado com aqueles velhos intervencionismos de sempre. De fato Bolívia, Equador e Paraguai possuem pouca relevância. Tentou reprimir o setor informal e acabou recuando. Enquanto o setor informal e a moeda da Bolívia estiverem funcionando, vai ficar na mesmice.

    Quem entende do Chile de fato é o Rodrigo Neves. Não conheço ninguém que entenda tão bem quanto ele, ao menos entre falantes de Língua Portuguesa. Pode ser fraude, mas a burrice humana também não tem limites. A frouxidão do Piñera é que fez estrago. Foi dar ouvido para comunista e desocupado baderneiro, quase uma traição. A Grécia elegeu um partido de extrema-esquerda e fez austeridade, mas lá eles foram forçados a isso, senão não iriam ter o socorro da UE.

    México deve mudar pouco. Na pior das hipóteses, deve haver algumas coisas do nível Dilma, tais como intervenção no setor elétrico e bagunça financeira na PEMEX (que recentemente perdeu grau de investimento). AMLO vai ficar até 2024 e não vai ser reeleito, porque lá não existe reeleição. Não sei se ele vai ser capaz de indicar um sucessor digno de votos. O fator de fazer fronteira com o governo americano influencia no fato de que seria muito ruim aparecer um governo mexicano e que feche por completo a economia do país para os americanos.

    No Brasil o Bolsonaro ainda tem chance de se reeleger (nesse ponto o melhor analista é o Peter Turguniev, ele praticamente acertou todas as previsões sobre o panorama político brasileiro; o Raphaël Lima disse que tinha apoio popular pelo impeachment do Bolsonaro, e vocês viram a vergonha alheia que foi aquelas manifestações do dia 12 de setembro), mas a inflação de preços é uma coisa muito incômoda. Inflação e corrupção são coisas que o brasileiro detesta e até agora não estourou nenhum caso grave de corrupção em Bolsonaro. Eu se fosse ele trocaria o Paulo Guedes bem no começo de 2022, para já colocar alguém que pelo menos defenda moeda forte.
  • Imperion turbo nuclear quântico com equio  20/12/2021 13:21
    No caso do Chile, pra ele virar uma Argentina ou Venezuela, depende do quanto os cidadãos irão permitir os esquerdistas roubarem. A outrora rica Venezuela aplicou o sistema do roubo em grande escala e bastaram poucos anos pra ela entrar em colapso. O Chile, então, dependerá da força da oposição, pois o povo não está preparado pra nada, senão nem teriam elegido esse boçal. Ao contrário, a maioria vende o voto pra receber algum.

    Quanto ao Brasil e Argentina, ambos tão tão ruins que nem fazem diferença quem se recupera ou piora primeiro.
  • Fraude Eleitoral  20/12/2021 15:10
    Chile e Peru irão pro buraco mais rápido do que a maioria imagina. Ao contrário do Brasil e Argentina, o único atrativo desses países é sua liberdade comercial.

    tradingeconomics.com/peru/inflation-cpi

    economia.uol.com.br/noticias/afp/2021/08/24/economia-peruana-sai-da-recessao-mas-enfrenta-grandes-desafios.htm

    Bolívia já está totalmente no buraco.

    g1.globo.com/ac/acre/noticia/2021/11/10/protesto-do-lado-boliviano-fecha-pontes-na-fronteira-do-acre.ghtml
  • capitalista chinês  20/12/2021 17:59
    Para se ter ideia do buraco, é como se o Boulos ou Manuela Davila ganhassem as eleições

    uma tragédia
  • anônimo  20/12/2021 17:09
    Há possibilidade de barrar as candidaturas de Lula e Bolsonaro em 2022? Assim ficaremos "livres" da incompetência, corrupção e populismo.
  • capitalista chinês  20/12/2021 17:55
    Seria ótimo.

    Além disso, pode incluir o Sérgio Moro, que também é outro ex-funça estatista. Os 3 são a garantia do estado brasileiro crescendo e destruindo riqueza, cada qual na sua mentalidade patética e atrasada.


  • AGB  20/12/2021 21:57
    E o governo argentino que acaba de propor um fundo para subsidiar o preço da farinha, pão, massas e frango para a população desvalida? Em princípio seriam 14 bilhões de pesos (140 milhões de dólares no cambio oficial ou 70 milhões no "blue"= negro). Os produtores agrícolas entrarão com 150 milhões de pesos...
  • Persio  22/12/2021 13:00
    Prezados,
    O Chile está seguindo, a passos largos, o MESMO caminho para o desastre que já foi percorrido pela Argentina, Bolívia e Venezuela. Torço para que isso não ocorra com o Brasil em 2022.
  • Fraude Eleitoral  14/03/2022 16:46
    A economia do Peru já está indo pro saco. Foi mais rápido do que imaginei.

    tradingeconomics.com/peru/inflation-cpi
  • Revoltado  14/03/2022 20:19
    Não sei se tens alguma crença/religião, meu caro...

    Caso tenha, é bom pedir a quem crês para que nosso amigo Peter Turguniev esteja certo, quanto ao Nine-Fingers não arrriscar-se a concorrer à presidência este ano, pois se esse demônio entrar no pleito e vencer (via fraude nas urnas ou mesmo a estupidez do povo, que infelizmente não é pouca), aí caminharemos a via peruana e ainda pior, com bem menos liberdade, dado que o Molusco não esconde a pretensão em censurar a mídia, incluindo as redes sociais.

    O cachaceiro certamente focará sua ira mais contra qualquer meio independente, dado que o mainstream lhe dará pouquíssimo ou mesmo nenhum trabalho. Dependendo da imensa maioria dos jornalistas, a ele será economia de energia.
  • Juliano  08/07/2022 01:06
    Eis um resumo da nova Constituição do Chile. Praticamente ressuscitaram o Allende. Um absoluto show de horrores.

    E pensar que daqui a três meses poderemos nós também estarmos embarcando nessa, no que depender dos "liberais limpinhos" que acham o Bozo muito "indelicado".

  • Estudiantes  08/07/2022 02:06
    De todos países que a esquerda tomou na AL, o Chile vai ser o que sofrerá mais. Vão sentir um choque maior do que os brasileiros sofreram com a Dilma em 3 aninhos.

    Até 2015, eles não paravam de melhorar, então começaram a piorar. Colocaram a culpa na Michelle, depois no Piñera, e finalmente na Constituição. Mostrando como não sabem da sorte que tinham em ter a melhor constituição latina.

    Se eles aprovarem isso daí, o país acaba ainda no mandato do Boric. Vão sentir saudades de como era nos tempos da Michelle e do Piñera. De certa forma, vai ser igual o que aconteceu com o Allende, ele perdeu a popularidade rápido também.
  • Robson Santos  08/07/2022 11:31
    Por que só Bolsonaro? Um completo ignóbil ao abrir a boca! E você vem aqui fazer propaganda política pra ele, sendo que os candidatos nem estão definidos? Já não basta ter que votar no menos pior? Então por favor, exija coisa melhor, deixe pra votar nesse idiota e seu ministro acadêmico de merda no segundo turno se não tiver coisa melhor que isso, ninguém precisa votar nessa dupla no primeiro turno não...
  • Bruno Souza  08/07/2022 11:46
    Beleza. E quem seria a alternativa? O Partido Novo, aquele cujo absolutamente todo posicionamento na câmara coincide com o do PT, PSOL e PCdoB?

    Confesso que por um tempo eles até me enganaram. Mas aí eu acordei. São piores até que o PSDB, que ao menos ainda tem uma ala (minoritária) mais racional. Quem prestava no NOVO já caiu fora há muito tempo.

    Pouco me lixo para a intelectualidade e os modos do Bozo (coisa mais frouxa esse negócio de exigir um "homem delicado e com modos"). Quero apenas efetividade. Por enquanto, está entregando (menos do que eu gostaria, é claro, mas está). E sendo sabotado por todos os lados.

    Agora, se você pensa em votar em Ciro ou Tebet, aí já é questão de insuficiência intelectual mesmo, e eu nada posso fazer.
  • Robson Santos  08/07/2022 12:44
    E quem falou em votar nesses merdas de seres humanos?? E quem falou que os discursos partidários não mudam?? Você fala hoje o que se escuta hoje, porém as campanhas não começaram e você e outros aqui fazendo propaganda explícita pra um candidato, que medíocre, elogie as medidas pro liberdade e mercado tomadas, não precisa endeusar fulano ou Beltrano, você é um lulista à direita, chupadir de saco de político...
  • Bruno Souza  08/07/2022 15:27
    Ui! É isso aí! Pelo que entendi dessa sua maçaroca de palavras, ainda vai surgir um candidato decentíssimo e limpinho nos próximos dias (o prazo tá acabando, hein?), e é nele que você vai votar.

    E, se não surgir, você praticará o "fique em casa", enquanto toda a extrema-esquerda irá comparecer em peso para votar. Foi exatamente isso o que aconteceu na Colômbia e no Chile, e hoje os cidadãos decentes de lá estão todos desesperados (e suas respectivas moedas atingiram o menor valor da história).

    No Chile, aliás, a nova Constituição fala abertamente em revogar a propriedade privada. E só se chegou a este ponto porque os "limpinhos" como você ficaram em casa fazendo cara de nojinho para o candidato da direita enquanto a extrema-esquerda ia se apoderando de tudo.

    Você querer o mesmo destino aqui, vá lá. Agora, agredir quem não quer o país na latrina é o ápice da desfaçatez. Ainda pior é você jurar que "ficando em casa para não sujar suas mãozinhas" fará com que tudo fique bem.

    Desesperador…
  • Robson Santos  08/07/2022 16:45
    O que é desesperador é ver tropas de milícia virtual nesse site, onde militantes como vocês dois distorcem o texto dos outros criando espantalhos pra bater em cima de uma resposta em que nada contradiz a postura desse site que leio bastante e você infantilmente quer fazer insinuar que não me importo com a situação pra tentar me diminuir. Você parece ter caído de paraquedas aqui. Ninguém aqui quer venezuelizacao ou uma guinada Argentina nesse bostil, aqui se elogia e se critica todas as medidas de governos sejam eles populistas ou não, não adianta você trollar com a resposta dos outros porque uma medida feita que não atrapalhe a economia você vem aqui pedir votos para o seu mito, mas não vinha aqui nas cagadas... patética a defesa de políticos, ninguém aqui quer candidato limpinho, e sim coragem pra fazer o que tem que ser feito, vide medidas liberais adotadas que partidos historicamente alinhados a pautas progressistas fizeram no USA e Nova Zelândia por exemplo, e não estou dizendo que devemos votar na esquerda radical se vier aparecer "limpinha" algum dia. Temos todo um cenário diferente de informações disponíveis para se tomar uma decisão melhor.
    Mas águas ainda vão rolar meu amigo, muitas águas... não importa a pesquisa, Lula tá na frente em todas, se ele conseguir emplacar outro candidato, ou ele mesmo, que reedite Lula 1° mandato, o mercado vai comprá-lo porque sabe que sem fazer muita coisa acaba sendo melhor de acordo com o cenário, e você vai lamentar muito que seu candidato sem noção de merda nenhuma que só repete o que os outros lhe mandam ou lê de alguma coisa boa, deixou de transmitir...
    Quem não é militante ou torcedor de políticos, e pretende votar, votará sempre no menos pior. Se tiver que ser ele paciência. Não tem paixão aqui não.
  • Nikus Janestus  08/07/2022 18:16
    "[...] onde militantes como vocês dois distorcem o texto dos outros criando espantalhos pra bater em cima [...]"

    Também já percebi essa postura de desonestidade intelectual faz um bom tempo. Se o sujeito se rebaixa á utilizar falácias para tentar refutar outrem, então ele não se diferencia em nada de outros fanáticos que vemos em todo os lugares da internet...
  • Bruno Souza  08/07/2022 19:24
    Gentileza apontar onde está a distorção feita por mim. Eis o que ele disse:

    "E quem falou em votar nesses merdas de seres humanos??"

    Só há os dois com chances reais. A menos que ele (ou você) saiba de algo que ninguém mais sabe. Sou todo ouvidos.

    "E quem falou que os discursos partidários não mudam??"

    Aqui ele dá a entender que os discursos extremistas do Lula são apenas para excitar a militância, não devendo ser levados a sério.

    Ok, direito dele pensar isso. Mas eu também tenho a liberdade de apontar o perigo deste pensamento. Foi isso que eu fiz e foi isso que o emputeceu.

    Lamento.

    "Você fala hoje o que se escuta hoje, porém as campanhas não começaram"

    Mesmíssimo ponto acima.

    "e você e outros aqui fazendo propaganda explícita pra um candidato, que medíocre"

    Com um mínimo de honestidade intelectual, ele (e você) repararia que eu na verdade estou fazendo propaganda explícita contra o outro candidato. E se isso significa que defendo o voto no rival dele, então que seja.

    Agora, se vocês dois acham ser "medíocre" fazer propaganda contra um político, então vocês são tudo, menos anarcocapitalistas.

    Saudações.
  • Nikus Janestus  08/07/2022 20:56
    "Só há os dois com chances reais. A menos que ele (ou você) saiba de algo que ninguém mais sabe. Sou todo ouvidos."

    Agora eu não sei se você está sendo desonesto, ou se simplesmente não sabe interpretar texto. Está claro que ele está se referindo aos exemplos que você trouxe, isso é, Ciro Gomes e cia.

    "Aqui ele dá a entender que os discursos extremistas do Lula são apenas para excitar a militância, não devendo ser levados a sério.

    Ok, direito dele pensar isso. Mas eu também tenho a liberdade de apontar o perigo deste pensamento. Foi isso que eu fiz e foi isso que o emputeceu."

    Mesmíssimo ponto acima. Estou curioso se você só está sendo desonesto intelectualmente, ou se escreveu o comentário resposta tão rápido - talvez por fanatismo - que acabou não notando que interpretou o texto do outro indivíduo incorretamente.

    O indivíduo claramente direcionou essa frase ao seu comentário sobre a mudança de valores tomada pelo partido NOVO, que claramente acabou virando pau mandado de outros partidos, o que mostra que os discursos partidários não simbolizam exatamente a agenda de determinado partido político, algo que ele deixou bem claro quando falando sobre o Lula no último comentário dele, pois o mesmo pode muito bem acabar reeditando o 1° mandato dele (às chances são baixas, apesar de tudo).

    Agora, o problema é que você nunca de fato criticou essa mentalidade, só está dizendo que criticou. Muito pelo contrário: todas às suas críticas contra ele se devem pelo fato de ele não estar propagandeando para o Bolsonaro e criticando incessamente o Lula também, o chamando diversas vezes de "limpinho" por causa disso.

    "Mesmíssimo ponto acima."

    Mesmíssimo ponto acima.

    "Com um mínimo de honestidade intelectual, ele (e você) repararia que eu na verdade estou fazendo propaganda explícita contra o outro candidato. E se isso significa que defendo o voto no rival dele, então que seja."

    E? Eu nunca critiquei sua posição sobre isso, se veja com o outro indivíduo aí meu caro, antes de sair colocando múltiplas pessoas no mesmo quadrado. Não é porque eu estou criticando uma postura de desonestidade intelectual por sua parte que isso atualmente me coloca junto com a pessoa que está debatendo contigo.

    "Agora, se vocês dois acham ser "medíocre" fazer propaganda contra um político, então vocês são tudo, menos anarcocapitalistas."

    Faça o que bem entenda, eu mesmo fiz bantante propaganda para o atual presidente nas eleições de 2018, e não me arrependo nem um pouco, já que o governo dele está sendo exatamente da forma que eu esperava. Mas eu não possuo qualquer obrigação de me manter calado enquanto vejo um indivíduo montando argumentos em cima de espantalhos.

    À única conclusão que eu tirei com sua resposta é que você é meio desesperado, e possivelmente deve responder múltiplas pessoas sobre esse mesmo tema pela internet, fazendo com que acabe lendo o comentário das pessoas muito rapidamente e fazendo interpretações às pressas, não é atoa que utiliza tanto esse estereótipo de "liberais limpinhos".
  • Revoltado  08/07/2022 17:32
    "...É isso aí! Pelo que entendi dessa sua maçaroca de palavras, ainda vai surgir um candidato decentíssimo e limpinho nos próximos dias (o prazo tá acabando, hein?), e é nele que você vai votar".

    E, se não surgir, você praticará o "fique em casa", enquanto toda a extrema-esquerda irá comparecer em peso para votar. Foi exatamente isso o que aconteceu na Colômbia e no Chile, e hoje os cidadãos decentes de lá estão todos desesperados (e suas respectivas moedas atingiram o menor valor da história).

    =====Com menos de 30 dias para que a campanha oficialmente comece, qual a real probabilidade de surgir um nome que corresponda à "Terceira Via?" Se nem ao menos o "Marreco" pode preencher tal requisito direito, qual outro nome a se indicar? O Rui Costa Pimenta?
    E sim, o lado vermelho da força não deixará de despender de 20 minutos a meia-hora (desde enfrentar a fila e deparar-se com a cabine da urna) para reafirmar seu apoio a seus candidatos progressistas, em especial (lamentavelmente) a um certo sapo barbudo, que é mais adulado pelo STF e pela imprensa prostituta que qualquer rei absolutista. Não é hora de ficar em casa. Melhor sacrificar alguns instantes de um domingo para tentar garantir a liberdade que ter de chorar sua ausência de futuros domingos a domingos.

    "No Chile, aliás, a nova Constituição fala abertamente em revogar a propriedade privada. E só se chegou a este ponto porque os "limpinhos" como você ficaram em casa fazendo cara de nojinho para o candidato da direita enquanto a extrema-esquerda ia se apoderando de tudo".

    =====Bruno, pode assegurar-te que a imensa parte dos "isentões" (ao menos em caso de 2º Turno) sairão de casa para apertar 13 e confirmar. O que ocorre é que, ainda, estão "no armário", mas até meados de outubro, se assumirão. Só nos resta fazr preces para que ao menos uma parcela deles reconsidere o próprio voto nos meses restantes das eleições.
  • Juliano  08/07/2022 15:34
    Lógica do Robson (e de vários outros aqui): se não surgir um liberal imaculado, educadinho e limpinho, não irei sujar minhas mãos votando, mesmo que isso faça com que viremos uma Venezuela. Posso até ficar sem comida e sem propriedade, mas com as mãos limpinhas…
  • Revoltado  08/07/2022 17:22
    Pouco me lixo para a intelectualidade e os modos do Bozo (coisa mais frouxa esse negócio de exigir um "homem delicado e com modos"). Quero apenas efetividade. Por enquanto, está entregando (menos do que eu gostaria, é claro, mas está). E sendo sabotado por todos os lados.

    ====Em família, percebi várias vezes essa demanda inútil, meu caro!
    Certa feita, na casa de parentes "isentões", à época em que Bolsonaro visitava a Rússia antes da invasão à Ucrânia, um deles explodiu possesso porque o Bozo insistiu em encontrar-se com Putin sem a máscara e com isso precisou ficar um par de dias em quarentena em Moscou, além de ser um crítico do experimento global que todos estão sendo submetidos.
    Pois bem: saberias me dizer quantas vezes o mesmo parente meu vociferou contra a lambanças ditas/feitas pelo Ladrão de 9 Dedos e a Marmota? Te premiaria com uma gorjeta via "pix" caso eu utilizasse o recurso, pois acertas com folga a resposta. A saber, quando a grosseria provém do lado vermelho, alivia-se para seu lado ou não se ouve um sussurro sequer.
  • Lauro M%C3%83%C2%BCller  09/07/2022 11:33
    Sinto muito pessoal, mas voces estão sendo otimistas demais. As conjecturas que elegeram biroliro em 2018 não são as mesmas, ali a mídia não estava totalmente comprada, a Lava Jato estava a todo vapor, o nine fingers tava em cana e o STF e a esquerda subestimaram Bolsonaro, 4 anos depois estamos saindo de uma pandemia, bonoro tem que lidar com um supremo corrupto e partidário, o lula esta elegivel, e a única coisa que o "afegão médio" quer é cerveja, churrasco e dinheiro pra gastar no fim de semana, as mortes pelo covid serão jogadas para o presidente.
    Em um eventual 2 turno quem será louco para apoiar JB e se matar politicamente? Todos os ditos do centro apoiram o sapo barbudo
  • Ronald "Ronnie" McCrea  09/07/2022 19:08
    Sai fora isentão. E quanto a midia comprada, ela sempre foi, só que Temer e Bolsonaro fecharam a torneira. Por isso os ataques.
  • Diego Nogueira Rocco  09/07/2022 20:12
    Exatamente, este ano é Lula — ou Ciro (para a nossa infelicidade). Bolsonaro perdeu muito apoio, vários deputados já pularam o barco, o presidente está ''derretendo'' dia após dia. Sinceramente, não acho que o cachaceiro vá destruir o país, pelo menos não economicamente. Ele é semiletrado, mas nem um pouco tolo. Lula sabe que o povo quer desemprego baixo, inflação contida e moeda forte, algo que deixa as pessoas ''passivas'' e aí o governo pode roubar a vontade. Se ele fizer igual à Dilma (expansão de crédito, protecionismo e endividamento alto), vem crise e aí a rejeição ao PT logo cresce, e isso não é interessante. Pelo menos no início, muito provavelmente veremos algo semelhante ao primeiro ou segundo mandato do Lula, depois, talvez, comece a vir o caos.
  • Bruno Souza  09/07/2022 20:25
    Não é isso o que o cenário político mostra. Aliás, mostra exatamente o contrário. O moleque de recados do PCC não consegue aliança nenhuma. Só com PSOL, PC do B e PSB. Todos os outros partidos estão com Bozo.

    Partidos políticos fazem pesquisas internas (o fundão de R$ 5 bilhões garante pesquisas bem completas e detalhadas) e sabem melhor do que nós as reais preferências do eleitorado.
    Se eles não estão correndo para Lula, então é porque suas pesquisas estão mostrando outra realidade.
  • Felipe  09/07/2022 22:20
    O fato de o PSD do Kassab estar declarando apoio ao Tarcísio está mostrando isso. Esse Kassab é politicão raiz, que entende do assunto e não tem ideologia alguma. A gente pode até questionar a ética disso, mas o sistema político é assim mesmo. Quem esperava algo super certinho está iludido.

    Eu acho que se não fosse a questão da corrupção, aí sim o Lula seria muito mais perigoso, pois a bomba econômica explodiu na Dilma, não nele.

    Esse povo que quer equivaler "rachadinha" (que diga-se de passagem, é também no mínimo imoral) a todo o projeto totalitário do PT só pode estar de brincadeira.
  • Paulo  09/07/2022 21:37
    Discordo que o Lula quer repetir o primeiro mandato. Basta ver que o Mercadante esta ajudando no plano de governo. E o Brasil não tem mais a demográfia da época, a china crescendo, o dolar mundialmente fraco durante anos..(agora a inflação está alta lá mas o fed já voltou a subir juros)

    Ou seja. Não precisa fazer muita coisa pro país andar de lado.. Basta fazer um pouco de ruim pra afundarmos.. Quem está tranquilo com o Lula prometendo mudar regra fiscal, controlar preços de energia, sair gastando em infraestrutura com bancos estatais, está precisando ler o que ele está falando que vai fazer aos 4 ventos..

    O que pode impedir isso é o congresso. Mas, esses costumam fazer o que quem paga mais manda. (Basta ver a PEC recente do bolsonaro que permite auxílios em ano eleitoral)
  • Ronald "Ronnie" McCrea  09/07/2022 21:38
    Ciro? Tá viajando. Cigarro de fezes de vaca faz mal a saude. Pare de fumar essa coisa. Seu Blackpill. Tá apoiando diretamente o narcoestado com esse comentário.
  • Diego Nogueira Rocco  10/07/2022 00:34
    ''Ciro? Tá viajando. Cigarro de fezes de vaca faz mal a saude. Pare de fumar essa coisa. Seu Blackpill. Tá apoiando diretamente o narcoestado com esse comentário.''

    Tá emocionado é, filhinho? Leia o texto todo e pare de agir de forma tão primitiva. Por isso que a nota do Brasil no PISA está tão baixa, as pessoas não sabem mais interpretar o básico, e ainda agem como selvagens.
  • Ronald "Ronnie" McCrea  10/07/2022 02:04

    O ciro e pdt praticamente já são uma sucursal do partido comunista chinês no Brasil.

    E o lula é ligado ao narco estado e as FARC. Firme e forte com eles.

    Você apoia tanto o narcoestado do foro de são paulo(grupo puebla) e o partido comunista chinês. Ponto final. A máscara de "isentões" aqui já está caindo e nem começou ainda a campanha eleitoral. Que caiam mais máscaras aqui.
  • Robson Santos  10/07/2022 13:56
    Amigo só uma pergunta: você está respondendo pra quem??
  • Ronald "Ronnie" McCrea  10/07/2022 02:19
    Isso é o que você apoia esquerdinha adorador de genocidas como lenin, stalin, mao-tse-tung, pol-pot, che guevara, nikolas maduro e afins : twitter.com/MaxGuilhermeOfc/status/1545583681078804480
  • Diego Nogueira Rocco  10/07/2022 01:20
    ''Discordo que o Lula quer repetir o primeiro mandato. Basta ver que o Mercadante esta ajudando no plano de governo. E o Brasil não tem mais a demográfia da época, a china crescendo, o dolar mundialmente fraco durante anos..(agora a inflação está alta lá mas o fed já voltou a subir juros)''

    Sim, Lula deu muita sorte, pois pegou o o dólar fraco internacionalmente. O fato de o ex-presidente ter herdado o Bolsa-Família, o corte de servidores públicos, as privatizações e a universalização do ensino (tudo do FHC) também ajudou muito.

    ''Ou seja. Não precisa fazer muita coisa pro país andar de lado.. Basta fazer um pouco de ruim pra afundarmos.. Quem está tranquilo com o Lula prometendo mudar regra fiscal, controlar preços de energia, sair gastando em infraestrutura com bancos estatais, está precisando ler o que ele está falando que vai fazer aos 4 ventos..''

    Não há como saber com certeza. Claro, não é bom arriscar, mas veja bem: políticos são excelentes faladores. Adoram brandar sobre ideologias as mais diversas possíveis, porém, quando chegam lá, fazem justamente o contrário. Lula falava que daria calote na dívida externa, que faria a reforma agrária, que estava ''para romper com tudo que está aí'' e outras baboseiras. Aí, surpreendentemente, colocou Henrique Meirelles e Antônio Palocci no governo (duas pessoas que eram vistas com bons olhos pelo mercado). E também fez o bancos terem lucro recorde. Ele falava muito mal sobre privatizações, mas chegou lá e fez exatamente isso.

    Mas pense pelo lado bom: se o Lula já chegar arrasando com tudo a reprovação ao governo cresce mais rápido, e aí é o fim do PT de vez. Além do mais, eu diria que os militares não deixariam os esquerdistas ''venezuelizarem'' o nosso país. É apenas um palpite, dada a nossa história.

    ''O que pode impedir isso é o congresso. Mas, esses costumam fazer o que quem paga mais manda. (Basta ver a PEC recente do bolsonaro que permite auxílios em ano eleitoral)''

    Concordo, mas o Congresso quer é saber mesmo de dinheiro (leia-se: salários e emendas). Talvez o STF tenha poder para impedir, não sei. Fato é que estas eleições, serão, no mínimo, marcantes.
  • Estudiantes  10/07/2022 18:36
    Assim que Lula pisar no cargo, o Brasil acaba. Sem exagero nenhum. A destruição do Chile e Peru serão fichinha perto do que vai acontecer aqui.

    E pra deixar bem claro, todos esquerdistas eleitos nessa última leva são exatamente iguais, por isso as economias reagiram da mesma forma.
  • Pobre do interior   11/07/2022 01:22
    Então esta acabado porque ele vai ganhar. É sabido que desde 94 só é reeleito quem controla o dolar e inflacao. Se o bolso vencer será a primeira vez que isso será quebrado

    E não sei porque o choro com a eventual vitória lulista. Esse país tá muito polarizado, bem mais que o restante da América Latina. Se ele realmente por em pratica td q tiver no programa de governo só dura 4 anos e a esquerda cai no limbo. Tem os militares também... vamos ver.
  • Ronald " Ronnie" McCrea  11/07/2022 20:31

    Pro pobre do interior :

    E você está defendendo narcoestado. Não viu o comentário aí abaixo explicando que o stf foi aparelhado pelo pt em 13 anos e meio? E que por conta disso o pt não será cassado como partido politico? Não só o stf mas o stj e outras instituições? E outra, o Gilmar Mendes disse uma vez que o pt tem caixa pra disputar eleição até 2038. Sai dessa hipnose. Ainda dá tempo. Depois vai urinar sangue como os argentinos estão fazendo agora nesse momento que escrevi isso e vai querer invocar amnésia seletiva negando o que disse nesse momento. E sobre a inflação, esqueceu também do "fique em casa a economia vemos depois?" Olha aí, já invocando amnésia seletiva agora. Como disse, sai dessa. Ainda dá tempo.
  • Diego Nogueira Rocco  11/07/2022 22:24
    Ronald, você por acaso é retardado (pergunto na sinceridade)? Qualquer pessoa que critique o Bolsonaro ou fale que o Lula tem grandes chances de ganhar você chama de esquerdista ou defensor do narcoestado (ou de isentão, palavra pela qual você aparentemente tem tesão, deve ter orgasmos toda vez que a digita). Está tudo bem? São os problemas em casa? Pode falar, não será julgado, só pare com as acusações e afetações emotivas, isso aí quem faz são os esquerdistas desmiolados sem argumento.
  • Ronald "Ronnie" McCrea  12/07/2022 02:30
    Se ser retardado é alertar sobre isso : www.youtube.com/watch?v=CfPLd3MIE3I

    Depois, se acontecer, não vai poder dizer que não sabia quando resolveu apoiar narcoestado por 2 ou 3 decisões erradas do atual presidente.

    E isso também é culpa do fique em casa que a economia nós vemos depois. Ta aí.

    Zelia Duncan dizendo, como é bom ter presidente. Ta aí o resultado.
  • Ronald "Ronnie" McCrea  12/07/2022 02:50
    Mais uma prova.

    www.tltv.com.br/post/argentinos-vao-as-ruas-para-protestar-contra-o-governo-de-fernandez-e-cristina-kirchner

    twitter.com/MLauraAssis/status/1545892093024997377?cxt=HHwWgsC4neGqjvQqAAAA
    Manifestantes se concentram em frente à Casa Rosada. O dia esteve marcado por vários protestos contra o atual governo de esquerda em todo o país.

    twitter.com/MLauraAssis/status/1546655575701872641?cxt=HHwWgoCzuabD6fYqAAAA
    Em dois anos 17 companhias aéreas foram embora da Argentina e Buenos Aires perdeu conexão aérea com 18 cidades.

    Dos criadores do "eu te avisei" vem aí, bem feito.

    Se sou retardado por tentar avisar isso nesse site, então sou retardado com toda honra que você puder me colocar, obrigado. Pode continuar chamando de retardado.
  • Revoltado  26/07/2022 13:43
    Países que adotam tal regime nefasto passam por esse tipo de situação, vendo seu próprio turismo severamente afetado.

    Nos anos 80 (1987) quando a Romênia ainda padecia no lado de lá da Cortina de Ferro, as três principais companhias turísticas que divulgavam aquele país o abandonou, no ano que pus entre parênteses, pois àquela altura, os romenos já sofriam com racionamento de comida, calefação e eletricidade e a emissora estatal só transmitia (nos dias úteis) duas horas de programação, das 8 às 10 da noite, consistindo em telejornal com a imparcialidade do nosso JN e programas propagandísticos do casal Ceaucescu.
    Com tal cenário, não havia como o turismo sobre os Cárpatos e a Transilvânia vingar.
  • Ex-microempresario  12/07/2022 15:32
    Diego, eu já tinha me prometido não voltar aqui esse ano, mas vou colocar um último comentário só para vc saber que não está sozinho.

    A esquerda no Brasil conseguiu fazer a direita descer ao nível dela. Hoje em dia, não há diferença prática entre petistas e bolsonaristas, eles se igualam na devoção cega, na repetição de clichês e no ódio a qualquer um que não seja um fanático igual a eles.

    A tara por xingar os outros de "isentão" é isso mesmo: eles odeiam quem tem a "audácia" de ser isento, imparcial, de pensar por si mesmo, de ser coerente com suas próprias idéias. Diria até que eles tem mais ódio dessas pessoas do que dos fanáticos do outro lado, que são inimigos mas ao mesmo tempo são necessários para justificar o próprio fanatismo. É como a relação que havia entre o deputado Bolsonaro e a deputada Maria do Rosário: um precisava do outro para manter aceso o fanatismo de seus seguidores.

    Debater com esse tipo de fanático é tão inútil quanto debater com fanáticos religiosos. Se ele diz que dois mais dois é cinco e você argumenta que na verdade é quatro, na cabeça dele isso significa "o isentão discorda de mim, isso prova que eu estou certo". Ao definir que todos que não concordam com ele estão errados a priori toda discordância vira uma prova de que ele está certo. Veja como é comum entre eles o argumento "para ser a favor do político X, basta ver quem está contra ele".

    Para o esquerdista raiz, se houver uma única criança pobre na África ela é a prova de que o capitalismo não funciona e Marx estava certo. Para o bolsonarista raiz, a inflação na Argentina é a prova de que tudo que Bolsonaro faz está certo. Qualquer tentativa de questionar essa "lógica" é respondida com "Vá pra Cuba". Eles realmente acreditam que ou a pessoa é bolsonarista como eles ou é um comunista comedor de criancinhas, não há outras possibilidades.

    Eu desisti. Em outro site que frequento existe mais meia dúzia de clones desses aqui. Mesmo vocabulário, mesmos argumentos, mesma agressividade. Mesmo modo de pensar: o meu político não tem defeitos, só tem qualidades. O político inimigo não tem qualidades, só defeitos. Qualquer um que não pense como eu é meu inimigo.

    Volto no ano que vem para ver o que restou.
  • Diego Nogueira Rocco  14/07/2022 00:58
    Concordo, hoje em dia tanto esquerda quanto direita foram completamente dominados por fanatismo e cega devoção ao líder. Repare que os discursos são sempre os mesmos: para o primeiro, o grande problema é a reforma trabalhista, o teto de gastos, as privatizações e a desigualdade de renda; para o segundo, é a ideologia de gênero, o marxismo nas escolas, o kit gay, o movimento LGBT e outros. As mesmas narrativas, sem inovação. Será a primeira vez que voto (tenho 19 anos). Não pretendo anular, porque isso acaba favorecendo o Lula, mas também não sou apoiador de Bolsonaro e muito menos admirador do mesmo. Se houvesse alguma outra opção, viável e com chances de ganhar, eu a escolheria sem hesitação. Mas não há: estamos reféns da polarização. Bolsonaro, embora corrupto, é pró-liberdade (o sujeito é armamentista) e um pouco liberal (se ele tirasse o Paulo Guedes e colocasse um austríaco —ou se o Banco Central mantiver sua atual política — ficaria perfeito). Por isso é muito melhor do que o Lula.
  • Ronald " Ronnie" McCrea  11/07/2022 20:42
    Pro pobre do interior.

    Depois da revolução em Cuba de 1959, também prometeram eleições limpas, mas isso nunca aconteceu. O regime permanece lá até hoje. Como disse, não confia muito não. E pelo que estou vendo, a medida que as eleições chegam, está aparecendo mais gente que torce pelo desastre. Como disse, saiam dessa que ainda dá tempo.
  • Pobre do interior  13/07/2022 16:03
    Bom mas ele vai vencer amigo sinto muito. Esqueça a bolha da Internet, preco de item básico, comida etc subiu absurdamente. Eu sinto isso, alias qualquer brasileiro sente e a democracia é a crença no estado e de que um homem, um ungido pode mudar tudo e as pessoas vão votar no que promete mudar né.

    O bolso diz que não vai fazer nada, enquanto Lula grita que vai ter congelamento, tabelamento... populacao saliva só de ouvir isso, maioria dos boomer acredita nisso. Meu pai mesmo fala bem do Sarney, e que ele resolveria isso.

    O bostil merece o PT mesmo. E como eu disse é até bom que siga a cartilha q defende e destrua o lixil. O país tá cheio de libertário, neocon, eu já vi bolsonarista defendendo privatização, menos impostos, um pouco mais de liberdade. Milhares deles. Então não haverá uma venezuelacao, nem chegará a ficar como a Argentina é. To falando da mentalidade desse povo
  • Revoltado  26/07/2022 13:38
    O bostil merece o PT mesmo. E como eu disse é até bom que siga a cartilha q defende e destrua o lixil. O país tá cheio de libertário, neocon, eu já vi bolsonarista defendendo privatização, menos impostos, um pouco mais de liberdade. Milhares deles. Então não haverá uma venezuelacao, nem chegará a ficar como a Argentina é. To falando da mentalidade desse povo

    =====O vídeo abaixo desgraçadamente mostra que para alguns, o importante é que seus caprichos pessoais sejam mantidos sagradamente, independente do estrago que o restante da sociedade venha a padecer. Apesar de tratar-se do MBL, é um tanto ilustrativo o grau de hipocrisia dentre os participantes da famigerada parada LGBT+resto do alfabeto:

    www.youtube.com/watch?v=3_psi8YkcD8
  • Ronald "Ronnie" McCrea  10/07/2022 20:51
    Fim do pt se eles chegarem lá é? Não confia não. O Maduro chegou arrebentando e está lá até hoje na Venezuela(com apoio da russia de putin e china). O fim do pt (e outros partidos politicos) seria se o stf (aparelhado por eles) seguisse a risca essa lei.

    "A lei dos partidos políticos(Lei 9096 de 19 de setembro de 1995) determina que o STF casse o registro desse partido, por violação do artigo 28, alínea II : estar subordinado a entidade ou governo estrangeiros.

    PT subordinado ao foro de são paulo(grupo puebla). Uma orcrim.

    Se o STF não fosse aparelhado poderia até ser, mas como foi, não precisa ser gênio pra ver o desastre que alguns tanto defendem.
  • Imperion  11/07/2022 17:13
    O problema do Lula e seus aliados é que eles passaram 13 anos sabotando as reformas. As poucas do gov. Bolsonaro e Temer vão ser revertidas. E o país precisa de mais reformas.

    Falaram que o PT tava morto. Mas foi ressuscitado pelo fundo eleitoral e partidário de bilhões.
    Agora ele ganha e essa prática vira definitivamente política de estado.
  • YURI SÃO CARLENSE  26/07/2022 02:15
    "Os partidos da extrema esquerda do Chile conseguiram superar o número de artigos da Constituição do Brasil, que por si já é um exagero, pois regula até mesmo a estabilidade dos funcionários públicos.
    A revista The Economist assim descreveu o projeto chileno: "Foi eleita uma assembleia constituinte de 155 pessoas, muitas delas de movimentos sociais e não de partidos estabelecidos. O resultado final de sua barganha foi divulgado em 4 de julho. É absurdamente longo, com 388 artigos e também fiscalmente irresponsável e às vezes sem sentido".

    A proposta que deve ser rejeitada no referendo em setembro, pelos menos é o que aponta as pesquisas mais recentes, abala o conceito de propriedade privada, coloca em cheque os contratos de concessionárias, determina a maioria de mulheres em cargos públicos, elimina o Senado e cria Câmara das Regiões, que terão o poder de vetar mudanças na Constituição, propostas fiscais e orçamentárias, além de criar províncias com elevado grau de independência que poderia ameaçar a integridade do Estado do Chile como conhecemos. "
  • Régis  28/07/2022 17:35
    Alguém aqui acompanha no Twitter o perfil do José Antonio Kast, candidato derrotado à presidência do Chile?

    Todos os dias ele está postando vídeos de assassinatos e saques que estão ocorrendo a rodo no Chile. Até mesmo quartéis do exército foram depredou (por lá, estão em vias de abolir a instituição, que já está sendo desarmada).

    Bastou elegerem um comunista, e imediatamente o país desandou para a barbárie. O outrora pacífico, próspero e civilizado Chile caminha a passos acelerados para a Venezuela.

    Eis os exemplos mais recentes:

    twitter.com/joseantoniokast/status/1552057320380633088

    twitter.com/joseantoniokast/status/1552072221211840512

    twitter.com/joseantoniokast/status/1552605488864378880

    twitter.com/joseantoniokast/status/1552442787374977032

    A Colômbia será o próximo. A moeda deles já derreteu. E o terrorista das Farc ainda nem assumiu.

    O Peru, sob o comando de um maoísta, já está em convulsão (a sorte, porém, é que logo ele será implicado).


    Daqui a dois meses o mesmo pode acontecer com o Brasil. Não podemos nem sonhar em deixar isso acontecer.
  • Yuri  28/07/2022 17:43
    Tenho uma prima que mora em Santiago. Ela disse que já não mais sai de casa à noite. É assalto certo, com risco de latrocínio. Os bandidos estão nadando de braçada, pois os Carabineros foram manietados pelo governo.

    Todo e qualquer país sempre está a apenas uma eleição da barbárie.

    E nem é preciso citar os exemplos já batidos de Chile, Colômbia, Peru e Venezuela (que colapsaram durante apenas um governo). Basta ver os EUA sob Biden. A derrocada econômica, social e de segurança pública está sendo fragorosa.
  • Imperion  28/07/2022 18:20
    É simples. A esquerda, quando assume, prepara tudo para os saques. O Brasil já tem o projeto de lei em que o furto deixa de ser crime. Se combater o assaltante, vc se torna o agressor.

    Já existe a lei que propriedades improdutivas vão ser tomadas e usadas para reforma agrária. E, pra forçar, a esquerda quer obrigar as fazendas a serem improdutivas, obrigando os fazendeiros assim e assado, a maior parte do terreno tem que ser reserva etc. para depois fazer a lei da tomada da propriedade.

    Grupos revanchistas com total liberdade pra quebrar e saquear lojas. É por aí. Primeiro eles criam o ambiente propício. Depois tomam tudo.
  • Bruno Souza  28/07/2022 18:26
    E ainda tem nêgo que diz que eu exagero e sou repetitivo na "militância". Ora, toda a minha família mora no Brasil. Não quero nem pensar neles vivendo numa zona de guerra, sem comida e com tudo confiscado.

    É esta a escolha em outubro: liberdade, trabalho e avanço, ou opressão, desemprego, violência e barbárie.

    Como bem disseram acima, tudo pode se perder numa única eleição.

    Querem um capitão das forças armadas ou um emissário do PCC (com a mídia no bolso e protegido por toda a Suprema Corte, que foi indicada e aparelhada por ele)?

    O simples fato de ainda haver debate, ou mesmo dúvidas, mostra o nosso grau de devastação moral.
  • Vladimir  28/07/2022 18:45
    O simples fato de haver um marginal — condenado (e solto por seus amigos), e claramente ligado ao crime organizado — concorrendo à presidência do país já é motivo para a esculhambação total do TSE, do Supremo, e de toda a "democracia" brasileira.

    Qual país minimamente sério permitiria uma insanidade dessas?
  • 4lex5andro  29/07/2022 17:13
    É o último front de combate.

    Nessas eleições, o país decide se vai retroceder à corrupção, mensalão, ''diálogo cabuloso'', petrolão e aparelhamento total e irrestrito que levaram à depressão econômica de 2014/15/16 e recorde no déficit público ... que quase faliram a nação em definitivo ...

    Ou se o país vai seguir se endireitando, apesar da oposição sabotadora (oficial, via senado e stf, ou extra-oficial, via mídia financiada direta e indiretamente) ... se vai seguir o caminho das reformas (depois da previdência, as peças administrativa e da reforma tributária foram entregues pela gestão ao congresso, desde o início do ano), da contenção do Estado (redução de ministérios, cortes em verbas como a que financiava ''shows'' do 1 de maio, sindicatos, coligados partidários e mst, cortes de cargos públicos, recorde a menos nas contratações e concursos federais) e das privatizações (foram Codesa, Codema, BRDistribuidora, Ceitec, e outras refinarias, além do Correios que está no alvo).

    Claro que ... hoje o atual governo não é o ponto final desse caminho, se trata de um degrau, e não a escada inteira, é um degrau no rumo certo.
    Um jogo que se joga ao longo do tempo, pois o país não foi derrubado assim, do dia pra noite, e muito menos, endireita-lo é tarefa de 1 ou 2 mandatos só, aliás , leva tempo... um tempo considerável.

    Se abolir o estado não é possível, não nesse século, realisticamente entendendo a situação ... que se mova a janela de overton a direita, continuamente ... e quem sabe haja, daqui a uns 30, 50 anos, talvez, uma mudança de ''mind-set''...

    Que o Brasil se endireite e desestatize mais em outubro. E sempre.
  • Revoltado  11/08/2022 12:50
    E ainda tem nêgo que diz que eu exagero e sou repetitivo na "militância". Ora, toda a minha família mora no Brasil. Não quero nem pensar neles vivendo numa zona de guerra, sem comida e com tudo confiscado.

    =====Não é cristão o que escreverei, amigo, mas sinto uma tristeza imensa ao saber que grande parte dos que apóiam (abertamente ou veladamente) a Alma Mais Honesta do Brasil têm recursos suficientes para escapar do país em caso de "venezuelização"; seria uma jogada do destino com senso de ironia e tanto se estes devessem enfrentar as mesmas agruras que os cidadãos de bem vítimas de políticas nefastas, os quais são ainda achincalhados e vilipendiados como "-istas" e "-fóbicos" da parte desses histéricos inúteis!

    É esta a escolha em outubro: liberdade, trabalho e avanço, ou opressão, desemprego, violência e barbárie.

    Como bem disseram acima, tudo pode se perder numa única eleição.

    =====Que sabe com o auxílio das ilibadas urnas sem voto impresso?

    Querem um capitão das forças armadas ou um emissário do PCC (com a mídia no bolso e protegido por toda a Suprema Corte, que foi indicada e aparelhada por ele)?

    O simples fato de ainda haver debate, ou mesmo dúvidas, mostra o nosso grau de devastação moral.

    =====Os chamo de "psicopatas políticos". Não ligam a mínima para o trágico destino do país caso suas decisões equivocadas venham a cabo via eleição do Cachaceiro Semi-analfabeto, desde que a maldita ideologia prevaleça. Apenas o fato deum condenado assim concorrer ao pleito deveria corar-nos de vergonha perante o mundo. Alguém comprovadamente malévolo! O PSOL personificado que nem sabe em qual das mãos falta o décimo dedo do Molusco jura pela própria morte sua inocência, enquanto ex-ministros e assessores já confirmaram toda a baixeza do mesmo convivendo com este por anos.
  • Sulista  11/08/2022 14:44
    Revoltado. Voce tocou em um ponto importante e concordo com td que vc escreveu. Te. Certas coisas que nao tem nem que discitir. É errado e pronto. Porem no Brasil tem uma porçao que relativisa isso. Eu falo para os americanos. O Biden ainda é melhor que o Lula,a Dilma,ele é de direita perto desses 2. E pelo pouco de brasileiros que converso por aqui,especialmente de sao paulo para cima eu vejo que nosso pais esta condenado ao petismo por mais alguns anos.
  • Revoltado  18/08/2022 14:54
    Revoltado. Voce tocou em um ponto importante e concordo com td que vc escreveu. Te. Certas coisas que nao tem nem que discitir. É errado e pronto. Porem no Brasil tem uma porçao que relativisa isso. Eu falo para os americanos. O Biden ainda é melhor que o Lula,a Dilma,ele é de direita perto desses 2. E pelo pouco de brasileiros que converso por aqui,especialmente de sao paulo para cima eu vejo que nosso pais esta condenado ao petismo por mais alguns anos.

    ====Grato pelo feedback, amigo Sulista, algo que temos em comum, pois também sou da região mais fria do Brasil.
    Se os próprios estadunidenses sentem na pele o peso de uma recessão, a exemplo do que a Europa vem enfrentando, em especial desde o conflito na Ucrânia, o quê esperar de um país que só há poucos anos sabe o que é redução na corrupção e que apenas não suporta agruras que países vizinhos como a Argentina aguentam por conta de conter-se na histeria do lockdown de 2020? Muitos desses com quem conversaste, habitantes de outras partes do país, apenas enxergam a alta de itens no supermercado e comparam com os preços de quando os progressistas tinham mais poder, de Brasília, ignorando que o salário mínimo, por exemplo, era expressivamente menor que hoje. Por esta lógica, como já bem li aqui no blog, deveriam eleger como ditador vitalício o FHC, já que podíamos comprar uma dúzia de pães franceses com 1 real da época.
    Que vários destes reconsiderem o quê farão perante à urna, em outubro. Torçamos por isso.
  • Revoltado  28/07/2022 18:01
    Tenho uma prima que mora em Santiago. Ela disse que já não mais sai de casa à noite. É assalto certo, com risco de latrocínio. Os bandidos estão nadando de braçada, pois os Carabineros foram manietados pelo governo.

    =====Buenos Aires não deve estar muito diferente. Em 2011, já éramos alertados em não circular à noite nas imediações do Caminito e do estádio La Bombonera em virtude do risco de assaltos, que deve-se dizer agora, com a economia ainda mais combalida que 11 anos atrás...
  • Felipe  28/07/2022 19:47
    O caso americano tem este artigo interessante sobre.
  • Bruno Souza  08/08/2022 15:06
    Após a vitória do esquerdista, Chile já meteu 15% de inflação. E o pesadelo ainda nem começou. A segurança no país, como já disseram acima, foi toda pro saco.

    E tem otário que quer repetir a mesma coisa aqui.

    Em outubro, a escolha é entre a civilização e a barbárie. E quem está em cima do muro está do lado do PCC. Por definição.
  • Revoltado  08/08/2022 16:22
    Bruno Souza,

    Infelizmente uma parcela considerável desses "otários" tem recursos para escapar, no caso do caldo engrossar, digamos.

    Conheço socialistinha de i-Phone que possui cidadania européia; logo, quando as coisas piorassem, correriam ao aeroporto para uma viagem só de ida a países bem capitalistas, por sinal. E todos, declaradamente ou veladamente, deverão votar no moleque de recados do PCC, como escreves.
  • Fraude Eleitoral  08/08/2022 16:36
    Peru e Chile foram pro buraco muito mais rápido do que imaginei.

    Enquanto isso, o ex-guerrilheiro da Colômbia vai mergulhar de cabeça no ESG. Nem assumiu o cargo e o dólar já perdeu 5x o valor.
  • Revoltado  08/08/2022 19:25
    Xi Jinping e Vladmir Putin devem cair na gargalhada, a ponto de lhes faltar ar e o ventre doer em demasia vendo o Ocidente se auto-sabotando assim! Europa e América Anglo-Saxã emasculadas e a América Latina cada vez mais prestando-lhes vassalagem indireta.

    Prevejo uma explosão nas contas de eletricidade colombianas em muito pouco tempo! Sobraram quais países na América do Sul? Brasil e talvez Paraguai e Uruguai... quem sabe o Suriname?
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  08/08/2022 22:59
    Eu até compartilhava desta visão. Mas quer saber? Dou mais umas duas décadas para que a Rússia tenha de arrendar seus poços de petróleo, suas minas e suas reservas florestais para indianos e paquistaneses, já que só sobrarão por lá russos velhos aposentados e indigentes desmotivados. Os mais capacitados continuarão indo embora de lá atrás de oportunidades na América e Europa Ocidental(como já é hoje).

    A China estará pior, sem recursos naturais para arrendar, terá de trazer a força para seu território, norte-coreanos, birmaneses, laosianos e mongóis para repor sua mão-de-obra (que também estará envelhecida, falida e com o mais capacitados indo embora do país).

    Os Estados Unidos, apesar dos percalços, ainda continuarão atrainda pessoas inteligentes, empreendedoras e com vontade de fazer acontecer, e por muito tempo ainda.
  • Ronald "Ronnie" McCrea  18/08/2022 18:01
    Revoltado.

    Vou dizer uma coisa. Mais da metade do Suriname é mata pura (floresta amazônica é isso) e Suriname tem menos habitantes que Joinville-SC. Mas, vale a tentativa.

    E pra aqueles que apoiam o 9 dedos e pretendem fugir do pais depois de ajudar na destruição dele, fiquem sabendo que não importa pra onde vão, vão pagar de um jeito ou de outro. Afinal foram vacinados pra isso e não dou 10 anos para virarem adubo.(A não ser que tenham tomado placebo ou falsificaram as picadas no sistema.) Não irão fugir de si mesmos para sempre. Se chama lei do retorno e ela é implacável. Foram avisados. Mas continuem achando que não acontecerá nada. Vão em frente.
  • STF  15/08/2022 16:47
    valor.globo.com/mundo/noticia/2022/08/08/inflao-no-chile-chega-a-131-pontos-percentuais-em-julho-maior-patamar-em-28-anos.ghtml

    O líder do DCE acabou com o país mais próspero da América Latina em tempo recorde. É o novo Allende.
  • Revoltado  18/08/2022 14:46
    Falta apenas instituir a cadernetinha de racionamento para produtos básicos, como o mesmo Allende fez em meados dos anos 70, Cuba ainda utiliza e países como a finada URSS e a Romênia socialista recorriam à mesma, até a década de 80.
  • Bruno Souza  18/08/2022 13:27
    Cesta básica no Chile aumenta 20,6%, maior alta da série histórica

    www.gazetadopovo.com.br/mundo/breves/cesta-basica-no-chile-maior-alta-da-serie-historica/

    Todo e qualquer país está sempre a uma eleição do desastre. Esquerda assumiu o Chile há 6 meses. O país já praticamente não existe mais.

    Colômbia também indo aceleradamente na mesma direção.

    Aqui, em outubro, você irá decidir. É Bozo ou Moleque de Recados do PCC. É Jair ou Já Éramos.
  • Rafael  18/08/2022 13:36
    Se eu tivesse distribuidora / fabricante de alimentos no Chile, tentaria vendê-las pra algum maluco o mais rápido possível.

    Elas serão ou confiscadas ou espremidas para controle inflacionário, como em 100% dos casos onde um socialista assume o poder.

  • Revoltado  18/08/2022 14:44
    É em horas assim, Bruno, que penso quão nocivo é essa canhotada ter o mesmo poder no voto que nós...

    Nenhuma das pessoas que já mencionei como exemplo de socialistas de i-Phone certamente sabe quanto custa uma caixa de 1l contendo leite. Sabem mais ou menos o preço dos combustíveis, pois certamente abastecem amiúde seus possantes veículos com os quais usufruem grande parte do que é bom, que o capitalismo cruel lhes oferece. Mas entendem da realidade como ninguém, pois sempre estão bem informados com as imparcialíssimas Globo, Globo News, CNN e afins. Com isso, temos economistas, sociólogos, filósofos e mesmo cientistas em um mesmo "inteligentinho", como bem já escreveu o Pondé. E, obviamente, quando suas más escolhas mostrarem as garras, como citaste sobre o Chile e a Colômbia, quase todos poderão emigrar a lugares não governados por gente do perfil ao qual desejam que se elejam. Levaram as idéias soças ao primeiro lugar que lhes acolha e o ciclo lá talvez se repetirá.
  • STF  18/08/2022 17:40
    Se for depender da nossa mídia prostituta, o continente inteiro pode virar a Coreia do Norte.
  • Revoltado  18/08/2022 18:02
    Sem sombra de dúvida!

    Contanto que mantenham seus privilégios e caprichos depravados, igual a nomenklatura correspondente, o restante da população que se lasque, com fome, perseguição política e religiosa (Nicarágua, queridinha do Nine Fingers, tem sido palco a respeito) que desenvolvam algum mecanismo psicológico para amar ao Grande Irmão local, pois as meretrizes midiáticas já os amam quase incondicionalmente e com sinceridade.

    Já que mencionei religião, penso sempre que, se os cristãos tivessem metade da fé que os canhotos têm em seus burocratas autoritários prediletos, mudariam a geografia brasileira, pois literalmente moveriam montes e dividiriam as águas do Rio Amazonas, criando um novo "Mar Vermelho" tropical. (risos)
  • Rafael  19/08/2022 15:55
    Brasil tem orçamento militar entre 1.50/1.80% do PIB.

    Este número precisa DOBRAR imediatamente.

    América Latina desintegrou, caiu oficialmente nas mãos de narcotraficantes e está claro como uma nascente que precisaremos repeli-los na força.
  • Nikus Janestus  19/08/2022 21:27
    Só sei que guerra contra às drogas é uma completa piada de mal gosto, trouxa é quem pede que políticos roubem ainda mais para "combater" um problema que eles mesmo criam com suas leis arbitrárias, certo está às mafias e narcotraficantes que lucram horrores atuando em uma área que o governo intervem, por mais que eu pessoalmente não apoie eles, ainda mais considerando que mafias tendem á criar raízes dentro do Estado para se tornarem invulneraveis, vide Yakuza do Japão.

    A realidade é que o governo nunca conseguirá impedir um indivíduo de se viciar em drogas, e nunca conseguirá impedir que um indivíduo plante drogas em segredo para sustentar a demanda.
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  20/08/2022 17:35
    "América Latina desintegrou, caiu oficialmente nas mãos de narcotraficantes e está claro como uma nascente que precisaremos repeli-los na força."

    Guerra perdida. A cultura do consumo de drogas se enraizou. O cenário atual é totalmente pró-drogas e as forças de segurança são apenas mais um grupo dos que ganham com isso. Os orçamentos dados a eles são bilionários(e quem não quer o poder de administrar esse montante de recursos?) e não vejo nenhum número a respeito da efetividade de suas políticas. É triste ter de admitir.
  • Adulto liberal  21/08/2022 21:29
    ". O cenário atual é totalmente pró-drogas"... Ainda bem... Eu particularmente gosto muito de maconha e não tenho dificuldades para encontrar. Vou te mostrar o que acontece nos Emirados Árabes Unidos. Ainda bem que estamos na América do Sul e temos o monopólio da cocaína no mundo, não há plantações de coca fora da América do Sul, e dê uma olhada na quantidade de exportações de coca para Europa e EUA. Eu sinceramente não estou nem aí para isso, usa quem quer.

    " Peter Clark, 51, voou de Las Vegas para Dubai em 24 de fevereiro, onde foi para o hospital após sofrer um ataque de pancreatite. Os médicos encontraram traços de haxixe em sua urina, fato que caracteriza posse de drogas de acordo com as leis dos Emirados Árabes Unidos, e o denunciaram para as autoridades.... " - Veja mais em noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2021/04/12/homem-e-preso-em-dubai-por-ter-fumado-maconha-legalmente-nos-eua-entenda.htm
  • Bruno Souza  31/08/2022 01:31
    Como está o Chile sob um governo lulista de esquerda? Apenas nos últimos 4 meses, aumento de 60% nos roubos de veículos e de 34% nos homicídios.

    E olha que a nova constituição socialista nem entrou em vigor, ainda.

    panampost.com/gabriela-moreno/2022/08/03/boric-delincuencia-en-chile/

    Para completar a tragédia, o país já meteu 15% de inflação. E o pesadelo ainda nem começou.

    E tem otário que quer repetir a mesma coisa aqui.

    Em outubro, nossa escolha é entre a civilização e a barbárie. E quem está em cima do muro está do lado do PCC. Por definição.

    Queremos liberdade, trabalho e avanço, ou opressão, desemprego, violência e delinquência?

    Como bem disseram acima, tudo pode se perder numa única eleição.

    Querem um capitão das forças armadas ou um emissário do PCC (com a mídia no bolso e protegido por toda a Suprema Corte, que foi indicada e aparelhada por ele)?

    O simples fato de ainda haver debate, ou mesmo dúvidas, mostra o nosso grau de devastação moral
  • STF  31/08/2022 03:04
    Chega a ser bizarro libertários como o Raphael Hide ainda não quererem votar no Bolsonaro.

    Aquele Dávila no debate foi uma piada de mau gosto.
  • Revoltado  31/08/2022 16:58
    Chega a ser bizarro libertários como o Raphael Hide ainda não quererem votar no Bolsonaro.

    ===Sim, mas quem esse cara quer no lugar? Não há opção melhor, nem de longe! Já me convenci há séculos que, ou apertamos 22 nos dois turnos, ou seremos uma futura Argentina de verde e amarelo, isto se, no cenário mais dantesco, não nos tornarmos uma Venezuela que fala português! Não podemos pensar semelhantemente aos beócios do "beautiful people" gayzistas, abortistas, progressistas, identitaristas, feministas, marxistas. Temos de fazê-los chorar em outubro, e chorar até desidratar em ver o Capitão por mais quatro anos em Brasília. Ninguém é mais digno de (re)assumir a cadeira do Executivo que o próprio. E tenho dito!

    E quem for de esquerda, que receba contrações involuntárias no canal retal por 30 minutos com relógio quebrado!
  • Revoltado  31/08/2022 13:19
    Pergunta:

    A mídia mainstream tem comentado algo sobre o país cuja capital é Santiago, após as eleições do Boric? Será que lá, segundo os mesmos lacaios do globalismo, "é um país com presidente de verdade"? Ou o mesmo silêncio em relação à Argentina, cuja dona K já tem pedido de prisão pelo MP portenho, com direito a ameaças sutis do Fernandez ao atual promotor do caso?

    Sabemos a resposta no fundo...
  • Felipe  31/08/2022 17:30
    A inflação de preços no Chile já está maior do que no Brasil.

    Como no resto do mundo, o banco central chileno também fez política de Teoria Monetária Moderna e só mais recentemente que os resultados estão vindo. Então não é coisa do Boric, afinal ele não estava em 2020 e 2021.

    O que está jogando contra no país é a questão da desvalorização cambial, que foi muito forte nesse ano de 2022. Até um tempo atrás, o índice de preços chileno estava menor do que nos EUA. Agora o Luís Arce e o Andrés Manuel Lopez Obrador podem fazer piada com o Boric.

    Nesse ponto, a gente pode traçar um paralelo com o alto IPCA brasileiro em 2003, ocasionado em parte pela forte desvalorização cambial com eleição de Lula.
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  31/08/2022 20:03
    Aqui no Brasil, os chefes do executivo dispõem do plano plurianual (PPA) que estabelece vários objetivos sociais e econômicos do governo. Juntamente ao PPA há os planos de diretrizes orçamentárias e os planos dos orçamentos anuais que são a execução das políticas levantadas pelo PPA. Se você ou outro colega aqui do Mises puder pesquisar e trazer como funciona lá no Chile, poderemos saber o que mais aguarda eles por lá.
  • Diego Nogueira Rocco  05/09/2022 00:27
    A CONSTITUIÇÃO FOI REJEITADA! CHUPAAAAAAAAAAAA ESQUERDISTAAAS
  • Bruno Souza  05/09/2022 02:44
    Um pequeno respiro. Mas o grande jogo que decidirá o destino da América Latina será jogado em outubro próximo. Prosperidade e progresso, ou bandidagem e PCC. Bozo ou Barbárie. É Jair ou Já Éramos.
  • STF  05/09/2022 05:31
    Precisamos caprichar na campanha do Capitão.
  • Nikus Janestus  05/09/2022 09:55
    Isso mostra que o povo chileno não é tão burro ao ponto de aprovar uma constituição destrutivista.
  • Imperion  05/09/2022 13:59
    Isso comprova que foi uma minoria que fez o quebra-quebra, e como o governo não tem uma força de seguranca pronta contra isso, eles se aproveitaram para parecer que eram a maioria.
  • Bruno Souza  05/09/2022 14:03
    Na verdade, isso comprova que o comunista foi efetivamente eleito pelos isentões limpinhos que preferiram praticar o "fique em casa" no dia da eleição para não sujar suas mãozinhas votando no candidato da direita (Antônio Kast).

    Agora viram a cagada que fizeram, deram-se conta de que o país iria direto para a Venezuela (sem nem sequer passar pelo estágio argentino), e correram para as urnas para frear o colapso.

    No Brasil, o mesmo pode acontecer agora em outubro. Isentões estão prontinhos para entregar o país para o Moleque de Recados do PCC, cuja mentoria é o governo argentino. A sorte é que os reais patriotas ainda são a (pequena) maioria.
  • Bruno Souza  19/09/2022 15:06
    Após a esquerda, com a estimada ajuda dos "isentões mãos limpinhas", eleger um lulista no Chile, a economia já desabou (essa foi em temPo recorde), a inflação disparou, e a pobreza e a fome se aproximam de níveis argentinos. Alimentos nas máximas e extrema pobreza em recorde.

    www.meganoticias.cl/nacional/383712-productos-de-canasta-basica-alza-precios-podria-aumentar-pobreza-inflacion-19-07-2022.html

    Foi um suicídio coletivo inacreditável.

    No Brasil, tem gente querendo fazer igualzinho. Felizmente, não ocorrerá. Mas depende de você. Daqui a duas semanas, a escolha é entre a moralidade e prosperidade, ou bandidagem e a pobreza. Capitão do Exército ou Representante do PCC.

    Uma escolha difícil…

  • Revoltado  19/09/2022 15:54
    No Brasil, tem gente querendo fazer igualzinho. Felizmente, não ocorrerá. Mas depende de você. Daqui a duas semanas, a escolha é entre a moralidade e prosperidade, ou bandidagem e a pobreza. Capitão do Exército ou Representante do PCC.

    ===Obviamente dependerá de nós, já que os canhotos não hesitarão de gastar 20 minutos de um domingo para efetuar sus escolhas equivocadas. Necessitamos contrabalançá-los no dia 02. Apenas mais um pouco e a máscara desses "isentões limpinhos" cairá por terra. Já mencionei aqui gente cuja fachada desabou mais cedo do que imaginava.
  • anônimo  19/09/2022 23:10
    Votos brancos e nulos nao entram na contagem.
    Na ultima eleicao , chegou se a incriveis 22 por cento dos eleitores.
    Caso essa porcentagem se repita, o candidato em primeiro nas pesqyisas vence primeiro turno. Matematica pura


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.